Istambul: Passeio de barco pelo Bósforo entre europa e ásia

Passeio de barco pelo Bósforo

Basta caminhar pela região do terminal de balsas de Istambul para ouvir o mesmo som em looping: “Bósforo, bósforo, bósforo…” Uma dezena de homens anunciando o passeio de barco pelo Bósforo em uníssono, quase hipnótico. Cada um querendo conquistar o máximo de passageiros para uma das atrações mais bacanas de Istambul.

Navegar pelo estreito que separa a Europa da Ásia já seria interessante só pelo contexto histórico e geográfico. Mas o passeio de barco pelo Bósforo é bonito, interessante e até mesmo necessário para entender essa metrópole que se espalha por dois continentes.

Um dos muitos barcos que fazem o passeio

O Bósforo é um estreito que liga o Mar Negro ao Mar de Mármara, uma extensão de 30 kms que marca o limite geográfico entre os continentes europeu e asiático. Bósforo significa “passagem do boi” e a lenda conta que Zeus transformou uma jovem que ele amava em um boi (ou seria uma vaca?), mas aí Hera ficou enciumada e mandou uma mosca sanguessuga perseguir o tal boi, que saiu desesperado pela terra seca abrindo o estreito entre os dois mares. Que imaginação, heim?!

O Bósforo

Mesquita Molla Çelebi

Palácio Dolmabahçe

O fato é que o Bósforo é um importante elo de ligação entre os dois mares, e conecta a Turquia ao mundo por via oceânica. Navegando por ele, a gente percebe como essa cidade é grande, eu diria até gigante.

Durante o passeio de barco pelo Bósforo a gente vai ver um número incontável de mesquitas e vai se acostumando, são muitas e uma mais bonita que a outra. Além de palácios, templos, mansões de um lado e casas mais modestas do outro. Além da companhia constante das gaivotas.

Passeio de barco pelo Bósforo

Um dos bairros da parte asiática de Istambul

Sai o frenesi de carros e gente pelas ruas de Istambul e entram o vai e vem de barcos de todos os tamanhos percorrendo o estreito de um lado para o outro. A minha direita um casal faz um ensaio fotográfico de recém-casados no convés de uma embarcação. Do outro lado um grupo de chineses fotografam até possível e imaginável.

O melhor é sentar ao ar livre, curtir o vento, o sol e admirar essa experiência que você só vai ter em Istambul.

A companhia constante das gaivotas

As gaivotas acompanham o passeio de barco pelo Bósforo


Como fazer o passeio de barco pelo Bósforo


O Bósforo é um lugar democrático, com todo tipo de gente e para todos os bolsos. O passeio de 2 horas pode custar mais de 100 reais ou apenas 12 reais. A minha dica é não contratar os passeios oferecidos em hotéis, nas esquinas ou pelos vendedores gritando em looping. Não precisa ser muito esperto para perceber que são armadilhas para turistas.

O terminal de balsas é um grande píer que fica ao lado da Ponte Gálata (parada Eminönü dos bondes). Neste ponto que eu marquei no mapa abaixo saem barcos a cada 30 minutos para o passeio. Compre o passeio direto no barco, ou no funcionário que fica controlando a entrada, que vai custar aproximadamente 12 reais. O melhor horário é depois do almoço, lá pelas 13h-14h, por conta da posição do sol.

Ponto de onde saem os barcos

Todos os barcos fazem o mesmo roteiro, eles saem do pier, seguem pelo Bósforo até a ponte 15 July Martyrs, fazem a volta, passam por baixo da Ponte Gálata e param no lado oposto da ponte por onde acontece o embarque.

Barcos seguindo para o desembarque

No fim das contas, o estreito é o mesmo, o passeio é o mesmo e todos seguem o mesmo roteiro. Não tem razão para pagar tão caro por esse passeio.


Planejando a sua viagem


Como é voar para Istambul com a Turkish Airlines
Como é passar pela imigração em Istambul
Como usar o metrô e os bondes de Istambul
Onde se hospedar em Istambul


Onde se hospedar em Istambul


Aqui no blog tem um post com várias dicas de onde se hospedar em Istambul de forma econômica e com muito conforto. Leia aqui o post.

Ou confira as sugestões do Booking abaixo:



Booking.com


Compre aqui seus passeios em Istambul



Resolva aqui a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar