Como é voar com a Pegasus Airlines da Turquia

A Pegasus Airlines da Turquia ficou mais conhecida recentemente por conta de uma série de incidentes e acidentes envolvendo as suas aeronaves. E poucos dias antes de voar com eles, aconteceu um grave acidente no Aeroporto Sabiha em Istambul. Quando um dos seus Boeings 737 varou a pista e se partiu em três partes, deixando 3 fatalidades e 179 pessoas feridas.

Esse não é o melhor cartão de visitas de nenhuma empresa aérea, entretanto eu não deixaria de voar por conta de acidentes aéreos. Nem preciso dizer aqui o quanto a aviação é segura, não é? Mas que a gente apreensivo, isso é fato.

Pois bem, meu voo com a Pegasus Airlines era de Atenas na Grécia para Antalya na Turquia com conexão em Istambul, no mesmo aeroporto do acidente que eu mencionei acima, onde fica a base da empresa.

A Pegasus Airlines oferecia a passagem na hora que eu precisava e com melhor preço. Por tanto eu não pensei duas vezes em comprar a passagem com a companhia.

Falando um pouco sobre a Pegasus Airlines, hoje ela é a principal companhia aérea do segmento low-cost da Turquia. Operando uma frota de quase 90 aeronaves Airbus A320, A321 e Boeing 737-800, a empresa voa para toda Europa e tem muitos destinos na Ásia e região do Oriente Médio.

***

Leia outras avaliações aqui

Pegasus Airlines
A320neo

Como é voar com a Pegasus Airlines


Eu comprei a passagem direto no site da Pegasus Airlines e não tinha mistério. Mas é preciso ficar atento pois por ser uma low-cost, muitos serviços como marcação de poltronas e despacho de bagagem são cobrados separadamente.

A boa notícia é que a Pegasus Airlines permite uma bagagem de mão de até 8 quilos e um item pessoal que pode ser uma bolsa ou mochila, desde que caiba embaixo da poltrona da frente. E eu digo que isso é uma boa notícia pois muitas empresas low-cost tem cobrado pela mala de bordo. Permitindo apenas o item pessoal sem cobrança adicional, é o caso da Ryanair. Vale dizer que em nenhum momento a Pegasus mediu ou pesou a minha mala de bordo.

Pegasus Airlines
Embarque no 737 para a segunda etapa da viagem

O primeiro trecho voado foi de Atenas para Istambul, esse voo foi operado com um Airbus A320Neo. Já o voo seguinte, de Istambul para Antalya, foi operado com um Boeing 737-800. Eu não vou fazer dois posts já que os serviços foram idênticos e inclusive as poltronas são as mesmas em ambas as aeronaves.

Eu fiz o check-in pelo site da Pegasus e recebi o cartão de embarque direto no meu telefone. Eu cheguei no aeroporto de Atenas faltando duas horas para a partida. Como aeroporto não tem um tráfego muito pesado, praticamente não peguei filas no setor de raio-x e imigração. Apesar da Turquia estar na Europa, o país não faz parte do Espaço Schengen, por tanto, precisamos fazer a imigração de saída na Grécia.

Agora uma curiosidade, faltavam 40 minutos para começar o embarque, o avião ainda não tinha chegado e as pessoas começaram a formar fila. Uma funcionária do aeroporto ficou enfurecida e mandou todo mundo sentar. hahaha.


As aeronaves


O voo PC1192 de Atenas para Istambul foi operado com um Airbus A320Neo (TC-NBO), entregue novo para a Pegasus em 2017. Estas aeronaves estão equipadas com 186 lugares no layout 3-3. 

Pegasus Airlines
As mesmas poltronas tanto no A320 quanto no 737

Já o voo PC2012 de Istambul para Antalya foi operado por um Boeing 737-800 entregue novo para a companhia em 2011 e equipado com 189 lugares, também no layout 3-3.

Pegasus Airlines
Aqui vocês conseguem ver um pouco da cabine

As poltronas são bem finas, revestidas com material sintético e não reclinam. É apertadinho, é o mesmo espaço da Ryanair para servir de comparação, mas as poltronas são um pouco mais ergonômicas e com isso o corpo sofre menos.

Nas poltronas tinha uma cópia da revista da empresa e o menu do serviço de bordo, que é pago. Ambas as aeronaves estavam equipadas com sistema de entretenimento que é acessado por dispositivos mobile. Porém, o conteúdo é pago, exceto os mapas de navegação e os guias das cidades atendidas.


Voo e serviço de bordo


Decolamos no horário, companhias low-cost precisam ser pontuais para manter a produtividade e rentabilidade da aeronave. Se um voo atrasar, outros atrasarão e assim, uma reação em cadeia que irá comprometer a malha deles.

Pegasus Airlines
Embarque finalizado
Pegasus Airlines
Decolagem autorizada

Depois da decolagem a tripulação começou o serviço de bordo, nas imagens abaixo vocês podem conferir alguns preços do cardápio. Achei o preço até ok, mais barato que no aeroporto de Atenas.

Pegasus Airlines
Menu
Pegasus Airlines
Menu
Pegasus Airlines
Menu

O voo de Atenas até Istambul é rapidinho, cerca de 1 hora e foi super tranquilo. Apesar de ser em um A320Neo, não senti diferença nenhuma em relação a família A320 mais antiga. O pouso foi tranquilo, com tudo dentro da normalidade.

Pegasus Airlines
Voo
Pegasus Airlines
Cabine durante o voo

Chegada em Istambul e conexão


Por ser um voo internacional, ao desembarcar em Istambul eu tive que fazer a imigração. Que foi super tranquila, não me fizeram nenhuma pergunta e eu já segui para a área aberta do aeroporto.

Pegasus Airlines
Chegando em Istambul
Pegasus Airlines
Check-in em Istambul

Os aeroportos da Turquia estão entre os mais rígidos que eu já pisei. A gente precisa fazer o raio-x até para entrar no terminal. E para voltar para a área fechada do aeroporto para esperar o meu voo seguinte para Antalya eu tive que fazer o check-in novamente e o raio-x mais duas vezes. Se eu tivesse despachado a mala, ela não seguiria para Antalya, eu precisaria retirar e despachar de novo. Tenha essas informações em mente caso você esteja em uma situação parecida com a minha.

Pegasus Airlines
Check-in em Istambul
Pegasus Airlines
Poltronas no 737
Pegasus Airlines
A belíssima paisagem congelada da Turquia
Pegasus Airlines
Chegada em Antalya

***

Voar com a Pegasus Airlines foi dentro da normalidade. E apesar do histórico de acidentes e incidentes, não me preocupou e eu voltaria a voar com eles, contando que tenha bons preços.



Se você estiver procurando onde ficar em Istambul, aqui no blog tem um post bem completo explicando os melhores bairros e onde você deve evitar. Veja aqui.

Veja também onde se hospedar perto do Novo Aeroporto de Istambul.

Na minha última passagem por Istambul eu fiquei no Dosso Dossi Hotels Old City. O Hotel fica no Sultanahmet, colado na Mesquita Azul e na Hagia Sofia. O hotel tem um café da manhã fantástico, além de alguns mimos como chá da tarde e sopa no fim da noite como cortesia.

Na minha primeira viagem eu fiquei em Yenikapi, e essa região é cheia de boas opções de hospedagem e eu escolhi o Marmara Place Old City Hotel e gostei muito desse hotel. A localização era perfeita, a poucos metros do metrô e apenas 2 quadras curtas do ponto de onde passam os trams em direção ao centro histórico.

Pertinho dele, e ainda mais perto do ponto dos trams, tem o Eskar Hotel, que falaram super bem dele pra mim e também é uma ótima opção de hospedagem em Istambul.

Outro hotel nessa região que estava entre os meus favoritos era o Eternity Hotel, com decoração super clean e vista incrível do salão de onde é servido o café da manhã.

Quer ficar hospedado em um hotel no melhor estilo palácio vitoriano e pagando pouco? A dica é o Deluxe Golden Horn Sultanahmet Hotel e como o nome diz, ele fica no Sultanahmet, colado nas grandes atrações de Istambul.

Agora, se você não quer arriscar e prefere ser conservador na hora de escolher onde ficar em Istambul, a dica é o Eurostars Hotel Old City. Ele fica pertinho da Ponte Galata e do Sultanahment.

Outras opções no Sultanahmet, dá uma olhada no Optmist Hotel, que tem uma vista linda da Mesquita Azul, o principal ponto turístico de Istambul. Outro hotel lindinho é o Coliseum, que fica praticamente dentro do Hipódromo e com uma vista perfeita da Mesquita Azul, Hagia Sofia e do Bósforo.


Dicas da Turquia para organizar a sua viagem
Como ir do novo aeroporto de Istambul até a cidade
Com ir do aeroporto Sabiha Gökçen até o centro de Istambul
Como usar a rede de metrô e bondes de Istambul
Imigração em Istambul
Golpes na Turquia


O que fazer em Istambul
Os bazares de Istambul
Passeio de barco pelo Estreito do Bósforo

Pegasus Airlines










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

1 Comentário

  • Responder março 19, 2020

    Paulo

    Notei nas suas fotos que vc costuma voar na poltrona sob a asa. Alguma razão especial?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.