Como é voar com a Air France para Paris no Airbus A350

Depois de quase dois anos sem fazer uma viagem internacional por conta da pandemia, eis que eu fiz a minha reestreia. Voei para França e neste post eu conto como é voar com a Air France de São Paulo para Paris no Airbus A350 na classe econômica.

***

Atualmente a Air France está voando diariamente entre São Paulo-Guarulhos e Paris-Charles de Gaulle com o moderníssimo Airbus A350-900 em substituição aos Boeing 777-200ER e -300ER que cumpriam a rota antes da pandemia.

Para o passageiro que viaja em classe econômica, é um tremendo upgrade. O A350 tem assentos mais confortáveis e mais espaçosos, o avião é mais silencioso e oferece algumas melhorias como janelas maiores e o ar da cabine que é menos seco.

Mas vamos por partes e antes de falar sobre como é voar com a Air France, eu vou deixar aqui embaixo alguns links importantes para quem estiver indo para a França. Incluindo o link com as regras atualizadas para entrar no país.

Regras e documentos para entrar na França
30 lugares o para visitar em Paris
Onde se hospedar em Paris
Como ir do Aeroporto Charles de Gaulle até o centro de Paris
Como ir do aeroporto de Orly até o centro da cidade
Como usar o metrô de Paris

Como é voar com a Air France
Como é voar com a Air France para Paris

Como é voar com a Air France para Paris


Check-in

Eu dedico um tópico neste post sobre como é voar com a Air France para falar sobre o check-in. Se antes da pandemia, os procedimentos de check-in se resumiam basicamente em despachar a bagagem e pegar os cartões de embarque, agora a coisa está um pouco mais burocrática.

O que acontece é que toda a documentação necessária para entrar na França está sendo conferida no momento do check-in, justamente para agilizar os procedimentos de imigração na chegada a Paris e evitar filas no Aeroporto Charles de Gaulle.

Como é voar com a Air France
Posto de testes do Albert Einstein em Guarulhos

Desta forma, eles conferem o certificado de vacinação do ConecteSUS, exames (RT-PCR ou Antígeno) e os formulários necessários. Para saber mais detalhes sobre a documentação necessária e as regras para entrar na França, recomendo ler o post atualizado sobre este assunto.

As filas no setor de check-in da Air France em Guarulhos estavam enormes, já que é o mesmo pessoal que cuida dos procedimentos de quem voa tanto pela Air France quanto pela KLM, que são do mesmo grupo.

Eu fiquei cerca de 1h20 na fila até ser atendido e quando cheguei no balcão, foi tudo rápido. Eu tinha na mão todos os documentos certinhos, mas notei que muita gente estava com documentos pendentes, o que estava atrasando ainda mais os procedimentos.

Como é voar com a Air France
Filas enormes no check-in

Uma dica interessante, é que a Air France tem um serviço chamado Ready to Fly, onde você pode fazer o upload de todos os documentos nesta plataforma antes de chegar no aeroporto e fazer o check-in em um balcão dedicado e sem filas. O link para acesso à plataforma é enviado pela Air France cerca de uma semana antes da sua viagem.

E a minha dica aqui é vá com antecedência e muita paciência, já que o check in é aberto apenas 3 horas antes do voo. E considerando que o embarque começa 1 hora antes da partida, na real só temos 2 horas para fazer o check-in e correr para o setor de raio-x e controle de passaporte. 

Tanto check in, quanto raio-x e controle de passaporte demorou mais de 2 horas e quando eu finalmente consegui entrar na área fechada do terminal, o embarque já estava começando.


A aeronave

Como disse acima, o voo foi operado pelo moderno Airbus A350-900. A Air France configurou estas aeronaves em três classes: Business Class (34 lugares no layout 1-2-1), Premium Economy (24 lugares no layout 2-4-2) e Classe Econômica (266 lugares no layout 3-3-3). Totalizando 324 lugares.

Como é voar com a Air France
Classe econômica no A350 da Air France

As poltronas da econômica seguem um bonito padrão visual em tons de azul e detalhes em vermelho. Todas são equipadas com telas individuais do sistema de entretenimento e contam com uma porta USB. Excelente para recarregar o celular ou tablet, mas é uma pena não oferecerem tomadas elétricas.

Como é voar com a Air France
Classe econômica no A350 da Air France

Nas poltronas tinha uma manta bem macia, travesseiro com fronha de boa qualidade e fones de ouvido que também eram bons. Até há pouco tempo, neste kit vinha ainda uma máscara para dormir, infelizmente, parece que este item de conforto não é mais distribuído.

Achei o espaço da poltrona bom, não me senti desconfortável. Todas as poltronas têm apoio de cabeça macio e ajustáveis, o que ajuda demais na hora de dormir. As poltronas também oferecem uma ótima reclinação. Por sorte não tinha ninguém na poltrona do meio, o que fez do meu voo ser bem mais confortável.


Voo e serviço de bordo

Iniciamos o push-back com 30 minutos de atraso, certamente por conta dos procedimentos de check-in mais lentos. Mas no fim das contas, chegamos em Paris na hora certa, em voos longos estes atrasos na partida são facilmente contornados.

Como é voar com a Air France
Embarque

Todos os avisos são feitos em francês, inglês e em português. Alguns comissários eram brasileiros. Mas todos, muito simpáticos e prestativos.

Logo após a decolagem, a tripulação distribuiu um kit com toalha refrescante (que era de tecido mesmo) e um envelope contendo uma máscara descartável, sachê com álcool em gel e um lenço bactericida. Achei um cuidado bacana já que ainda estamos em pandemia.

Como é voar com a Air France
Kit sanitário

A verdade é que fazer um voo longo, de 11 horas com tantas pessoas num mesmo ambiente poderia me deixar apreensivo, mas até que não. Afinal, todo mundo ali estava com esquema de vacinação completo e com testes negativos. E isso dá uma certa tranquilidade.

Cerca de uma hora depois da decolagem a tripulação começou o serviço de bordo. E as opções eram os clássicos frango ou massa. Eu pedi o frango e estava bom. Veio acompanhado de arroz e batatas. Também veio uma salada de quinoa, bolo de coco como sobremesa, pão, queijo e manteiga. Também veio uma garrafa de água e como bebida eu pedi um vinho tinto, que veio em garrafa individual, algo que eu amo. Também foi oferecido champanhe francês. Sim, champanhe na classe econômica e eu acho que nem na Qatar ou na Emirates eu vi isso. Os talheres eram de madeira, já que a Air France vem trabalhando para reduzir o plástico a bordo. Depois do jantar a tripulação ofereceu uma rodada de café ou chá.

Como é voar com a Air France
Jantar

Durante todo o voo fica à disposição dos passageiros uma cesta com sanduíches, snacks e bebidas na galley traseira do A350. Sério, se você ainda estava na dúvida sobre como é voar com a Air France, aposto que você já gostou, não é mesmo? Ah, e este post não é patrocinado, só para deixar claro.

Vista da minha janela no A350

Logo em seguida eu me acomodei na poltrona e fui assistir um filme. O sistema de entretenimento da Air France é bem completo. Tem uma boa variedade de filmes e séries. Mas o grande destaque são as duas câmeras externas por onde conseguimos acompanhar todo o voo. Lá no canal do Vou na Janela no YouTube tem um vídeo bem detalhado onde eu mostro como é voar com a Air France.

Como é voar com a Air France
Como é voar com a Air France

Depois do filme eu consegui dormir por mais de 5 horas! Eu estava tão cansado que simplesmente desmaiei. Confesso que nunca dormi tão bem numa poltrona de classe econômica e eu tenho dificuldades até para dormir na business.

Quando despertei, a tripulação estava começando a servir o café da manhã, cerca de 1 hora antes do pouso em Paris. O café da Air France vem em uma simpática caixinha em formato de sacola de boutique. Veio um sanduíche quente de queijo com tomates, pão, salada de frutas, suco de caixinha, iogurte, manteiga e geleia. Para beber, café e chás.

Como é voar com a Air France
Café da manhã

Logo em seguida, já iniciamos os procedimentos para o pouso no Aeroporto Charles de Gaulle em Paris. Uma viagem de 11 horas de duração e que foi super agradável. Voar no A350 é uma experiência muito bacana, o avião é bem silencioso e o ar da cabine por ser menos seco, faz com que as nossas vias respiratórias sofram menos e ainda ajuda a evitar o jet lag.

***


Se você estiver procurando onde ficar em Paris, aqui no blog tem um post bem completo explicando os melhores bairros e onde você deve evitar. Veja aqui. Mas deixo algumas dicas abaixo.

Na minha primeira vez em Paris me hospedei no hotel Bonséjour Montmartre, que tinha nada menos que 4 estações do metrô perto e ficava a uns 15 minutos de caminhada da Gare du Nord. Eu paguei o equivalente a 280 reais na diária com café da manhã.

Já na minha segunda vez em Paris eu fiquei no sensacional Hotel Saint-Louis Pigalle. O hotel também fica em Montmartre, coladinho na estação Pigalle do metrô. Entretanto o que eu mais gostei nesse hotel, é que os quartos tem uma atmosfera de casa. 

Tem hotéis que não tem como errar e o Mercure Paris Pigalle Sacre Coeur é certamente um deles. O hotel fica coladinho na Basílica de Sacré-Coeur e com estação de metrô ao lado. 

A rede Novotel não tem como errar, são hotéis confortáveis e com preços acessíveis. A dica aqui é o Novotel Paris Les Halles, que fica pertinho do Louvre e tem instalações modernas e muito confortáveis.

Hotel Opera Maintenon é um verdadeiro achado, um hotel duas estrelas, mas com conforto de hotel 4 estrelas e ótimo preço. 

Já pensou, ficar hospedado do lado da Torre Eiffel em Paris e sem pagar uma fortuna? A dica é o Hotel Royal Phare, um hotel super charmoso e confortável localizado a uma quadra da Champ de Mars e a uns 700 metros da Torre Eiffel. 

Outro hotel que é um pequeno achado em Paris, o Hotel De Suede Saint Germain é pequeno, aconchegante e fica em uma rua bem tranquila de Paris.


Como ir do Aeroporto Charles de Gaulle até o centro de Paris
Como ir do aeroporto de Orly até o centro da cidade
Como é passar pela imigração em Paris
Como usar o metrô de Paris
Conheça os 5 golpes mais comuns em Paris


30 lugares para visitar em Paris
O que fazer em Paris em 4 ou 5 dias
Como visitar a Torre Eiffel
Como visitar o Museu do Louvre sem pegar filas
Dicas para visitar o Museu do Louvre pela primeira vez
Como visitar o Arco do Triunfo
Île de La Cité e Catedral de Notre-Dame
O que fazer em Montmartre
Cemitério do Père-Lachaise










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

1 Comentário

  • Responder janeiro 14, 2022

    Paulo Sousa

    Fabrício, estou mto triste: pela segunda vez, meu voo para a Europa foi cancelado! Parece que os ares para mim estão cerrados e o sonho da primeira Eurotrip vai ficar relegado para o futuro! Já é difícil, como vc sabe, planejar uma viagem assim num momento “normal”, o que dirá no meio da incerteza de fazer tantos gastos e, de uma hora para outra, seu voo ser cancelado! Estou nesse perrengue desde abril de 2021, qdo meu voo SSA-LIS-Paris-SSA foi remarcado para um ano depois. E, agora, pela segunda vez, foi cancelado e com datas após julho, o que, para mim não é viável. Fazer o que…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.