Chile: Valle Nevado e temporada de inverno

valle nevado

Encravado na Cordilheira dos Andes, fica o famoso complexo de pistas de esqui formado por Valle Nevado (o mais famoso), El Colorado e Farellones.

É um passeio essencial no inverno, quando a neve é intensa e o lugar fica lotado com turistas de todas as partes do continente. A temporada de inverno vai de junho até o fim de setembro. No verão, o lugar fica descongelado, mas existem uma série de outras atividades que podem ser realizadas, como tirolesas, cavalgadas, escaladas e trekking.

Valle Nevado fica a pouco mais de 40 quilômetros de Santiago, mas apesar da proximidade, o percurso de carro ou van cordilheira acima demora aproximadamente 1 hora, podendo demorar até mais se as pistas estiverem congeladas.

Existem várias pequenas agências de viagens espalhadas por Santiago que oferecem o serviço de transfer até Valle Nevado, muitos hotéis também tem o serviço incluído em suas diárias ou possuem parcerias com operadores de turismo que fazem o trajeto por preços mais atraentes. Os valores de ida e volta começam em torno do equivalente a R$130,00 no câmbio de hoje.

Para esquiar, o melhor lugar é Valle Nevado. Não é um esporte muito barato e caso você seja marinheiro de primeira viagem, para sua segurança é fundamental que faça pelo menos 3 horas de aulas antes de pensar esquiar pelas montanhas. Você também vai precisar alugar os equipamentos, no site oficial de Valle Nevado tem todos os valores.

Valle Nevado é um resort e luxo e você pode ficar hospedado lá caso não queira fazer o bate-volta desde Santiago. O lugar conta com 39 pistas de esqui divididas em 4 níveis de dificuldade, além de 14 teleféricos.

Se você não pretende esquiar, mas gostaria de conhecer a neve e curtir o lugar, escolha uma das estações intermediárias, El Colorado ou Farellones.

***


Aqui no blog tem um post super completo com dicas de onde se hospedar e onde não se hospedar em Santiago: Leia aqui. Mas vou deixar algumas dicas aqui embaixo.

Para mim, a Providencia é o melhor bairro para ficar em Santiago. No bairro temos fácil acesso a maioria das atrações da cidade.

Na minha primeira viagem eu fiquei no Hotel Boutique Tremo e foi uma excelente escolha. Era um hotel pequeno, com tudo novinho, confortável, com bom café da manhã e uma bela banheira de hidromassagem no quarto.

Na segunda viagem eu fiquei em um outro hotel ali pertinho, o Mito Casa Hotel Boutique, que também foi uma ótima escolha. Na terceira vez que eu estive em Santiago, eu me hospedei no NH Ciudad de Santiago, que por ser um bom hotel de rede, não tem muito como errar e eu recomendo muito.

Outro bairro muito procurado é a Bella Vista, eu tenho amigos que ficaram no The Aubrey Boutique Hotel e amaram. Em uma próxima ocasião eu tentaria me hospedar nele.


Como é passar pela imigração em Santiago
Como chegar a Valparaíso e Viña de Mar
Onde ficar em Santiago
Transfer para Brasileiros do aeroporto até o centro da cidade
10 dicas grátis em Santiago


O que fazer em Santiago
Cerro Santa Lucía
Cerro San Cristóbal
Sky Costanera
Parque Quinta Normal e seus museus
Valle Nevado em temporada de inverno
Termas Colina e Embalse El Yeso
Valparaíso e Viña del Mar
Vinícola Emiliana
Casa de Pablo Neruda em Isla Negra


O seguro viagem não é obrigatório para visitar o Chile, no entanto, é recomendável que você tenha essa proteção. Faça aqui o seu seguro com descontos especiais. Use o cupom de desconto de 5% para os leitores: VOUNAJANELA5.










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.