Qual é a melhor época do ano para visitar Cuba?

melhor época do ano para visitar Havana

A localização geográfica de Cuba faz com que o país tenha algumas particularidades climáticas ao longo do ano, o que pode ser um ponto importante na hora de planejar a sua viagem e falando nisso, quando visitar Cuba?

Em Cuba existem dois períodos que são considerados alta temporada, o primeiro vai de julho a agosto, por conta do verão no hemisfério norte e o segundo período vai de novembro a março. Consequentemente são épocas onde os preços são mais elevados, especialmente nas passagens aéreas.

O tempo é bom em boa parte do ano

Cuba fica bem no meio da rotas dos furacões que passam pelo Caribe e seguem em direção ao norte, que acontecem principalmente entre junho e outubro e claro, podem arruinar completamente a sua viagem.

Os meses de junho, setembro e outubro são os meses em que há uma maior incidência de chuva, por isso eu evitaria conhecer o país nesses meses.

Em Cuba não faz frio, a temperatura é quente na maior parte do ano e amena no inverno. Nos meses mais quentes, que são de junho a setembro, a temperatura gira em torno dos 35 graus e no inverno, a temperatura fica na casa dos 25 graus.

Frente fria chegando em Havana

Eu passei um reveillon em Cuba, os dias foram lindos, mas quase no fim da viagem veio uma frente fria daquelas e que virou completamente o tempo e aí vem mais um ponto importante. No inverno deles, é bem comum ocorrerem esse tipo de evento climático, então, fica ligado.

Mas de uma forma geral, dá para visitar Cuba em qualquer época do ano, tirando os meses chuvosos onde essa condição climática é melhor definida, dá para curtir o país o ano todo.


Guia de Havana para download


Guia de Havana para download


Procurando hospedagem em Havana?


Olha a nossa lista de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui.



Booking.com


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar