Passo a passo de como conseguir o visto para Cuba

Cidadãos brasileiros que pretendem visitar Cuba precisam de visto. Mas calma, conseguir o visto para Cuba é fácil, rápido e barato.

Quem mora em cidades onde o governo cubano mantém representações diplomáticas, como São Paulo, Manaus, Salvador e Brasília é ainda mais fácil. Basta ir até o consulado e emitir o visto na hora, quem não reside nessas cidades pode solicitar pelo Correio ou usar alguma empresa especializada que oferece esse serviço.


Como conseguir o visto para Cuba


Diferente de outros países, Cuba só emite o visto para turistas que já compraram a sua passagem aérea, fizeram a reserva de hospedagem (hotel, hostel ou casa de família) e fez o seguro saúde.

Só depois de ter esses comprovantes em mãos você poderá solicitar o visto para Cuba.

O segundo passo é baixar esse formulário aqui, preencher e imprimir. É um formulário super simples e não tem nenhuma identificação especial do governo Cubano, mas é esse mesmo.

Quem mora nas cidades onde Cuba mantém representações diplomáticas, basta ir até o consulado no horário entre 9h30 às 12h30. Não precisa marcar o horário.

Eu solicitei o meu visto em São Paulo, o consulado fica na Rua Cardoso de Almeida, 2115 no Bairro do Sumaré (veja os outros endereços no fim do post).  Eu cheguei lá pouco depois das 10h da manhã e só tinha uma pessoa na minha frente.

O consulado funciona em uma casa, tem uma salinha de espera, mas tanto quando eu fui e quando uma amiga também foi, não tinha ninguém organizando a fila, as pessoas meio que respeitavam a ordem de quem chegava primeiro.

Dependendo do número de pessoas, a coisa fica zoneada, mas prepare-se, em Cuba é tubo bem caótico. Vai acostumando seu espírito e mantendo o bom humor.

Quando chegou a minha vez a funcionária do consulado não fez nenhuma pergunta, só pegou os comprovantes de compra da passagem aérea, reserva dos hotéis, seguro viagem e o formulário impresso.

Paguei a taxa de 65 reais (leve em dinheiro trocado, de preferência) e pronto. O visto é esse papel aqui embaixo, a “Tajeta del Turista” e vale para uma permanência de 30 dias em Cuba.

visto

 


Visto de Cuba pelos Correios


Outra forma de conseguir o seu visto é usando os Correios e pedir direto na embaixada em Brasília. O procedimento é bem mais caro, mas é uma solução para quem não pode ir até um dos consulados.

O primeiro passo é entrar em contato com a Embaixada em Brasília pelo e-mail consulcubabsb@uol.com.br, pedir os dados bancários para depósito das taxas e valores atualizados. Até janeiro de 2017 o valor cobrado para emissão do visto não presencial é de R$166,00 + Sedex, que custa em média R$50,00.

Você deve enviar o formulário preenchido e assinado, cópia dos vouchers dos hotéis (ou o tipo de hospedagem que escolher), cópia da passagem aérea, seguro saúde, comprovante de depósito e cópia das páginas 2 e 3 do passaporte.

Outra maneira de conseguir o visto para Cuba é contratando uma empresa especializada nesse tipo de serviço. Me falaram da S2 Vistos, mas como eu moro em São Paulo e perto do consulado, não vi razão para pagar bem mais caro por esse serviço.

Endereços das representações diplomáticas de Cuba no Brasil

Brasília (embaixada)
SHIS QI 05, conjunto 18, casa 1. CEP: 71615-180
Telefones: (61) 32484710, 32484215
Email: consulcubabsb@uol.com.br
Atendimento de segunda a sexta, das 10h às 13h.

Manaus
Rua Jacareúbas, 6. CEP: 69040-260
Telefones: (92) 3347-8565; 3347-533
E-mail: consulgeneral@mnbr.consulcuba.cu
Atendimento de segunda a sexta, das 9h30 às 12h30.

Salvador
Rua Lord Cochrane, 66. CEP: 40140-070
Telefone: (71) 2137 5647
E-mail: consulcubabahia@uol.com.br
Atendimento de segunda a sexta, das 9h30 às 12h.

São Paulo
Rua Cardoso de Almeida, 2115. Cep: 01251-001
Telefone: (11) 2369 8824
E-mail: reconsular@uol.com.br
Atendimento de segunda a sexta, das 9h30 às 12h30.


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

9 Comentários

  • Responder fevereiro 18, 2017

    bruno knott

    estou pesquisando sobre Cuba nos últimos e devo dizer que seus posts são um dos mais interessantes e completos sobre esse país peculiar.

    mas tenho uma dúvida: gostaria de saber quanto você pagou na passagem do brasil para cuba.

    estou fazendo uma pesquisa meio por cima e vejo valores de uns 4 mil reais para a alta temporada. será que é isso mesmo?

    att

    • mm
      Responder fevereiro 19, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Bruno, tudo bem? Eu fui passar o reveillon lá, ou seja, altíssima temporada e paguei R$3.100,00 na passagem pela Copa. Achei um absurdo. Tinha um valor melhor na Avianca, mas o horário não me atendia. Eu acho 4 mil muito acima do normal.

  • Responder março 29, 2017

    Daniela Lage Cardoso

    Fabricio, quanto ao formulario, esse tal “motivo da viagem” voce colocou o que? Me disseram que nao pode ser TURISMO (no AirBnB onde reservei uma das casas tive que colocar uma opcao qualquer, pois turismo nao existia). E no campo “empresa ou organismo a visitar”?

    • mm
      Responder março 30, 2017

      Fabricio Moura

      Eu coloquei “turismo”. No campo “empresa ou organismo a visitar” eu deixei em branco, pois como ia a turismo, não tinha razão para preencher esse campo?

  • Responder maio 3, 2017

    Elierge

    Oi Bruno!
    Eu li em vários lugares que podemos emitir o ‘visto’ diretamente com a Copa no momento do embarque em SP.. vc reparou nisso quando embarcou? tinha alguém emitindo por lá? Tenho medo de deixar para fazer no aeroporto e ser furada…

  • Responder maio 3, 2017

    Elierge

    Oi Fabricio! (Desculpa, escrevi a msg lendo o comentário do amigo acima e acabei confundindo! rsrsrs)
    Eu li em vários lugares que podemos emitir o ‘visto’ diretamente com a Copa no momento do embarque em SP.. vc reparou nisso quando embarcou? tinha alguém emitindo por lá? Tenho medo de deixar para fazer no aeroporto e ser furada…

    • mm
      Responder maio 7, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Elierge, tudo bem? Pelo que eu entendi, a Copa só emite os vistos em casos de emergência. Faça o processo no consulado para garantir e não ter problemas.

  • Responder maio 15, 2017

    João Araujo

    Tenho lido que a “tarjeta” pode ser comprada no portão de embarque na última escala para Cuba e que todo mundo pode comprar nesse momento. Onde li parece bem confiável. Realmente, procurei relatos de gente que não conseguiu entrar em Cuba por causa do visto e não encontrei. Certificado de febre amarela pode impedir de entrar, mas visto, você compra na hora.

  • Responder julho 31, 2017

    Mel

    Consegui comprar o visto no próprio aeroporto do Rio de Janeiro – Galeão, na hora do check-in. Viajei em 2017. Paguei em real mesmo. Não me recordo quanto foi, mas acho que foi o valor de 20 dólares do dia. Detalhe: eles não têm troco, tem que dá certinho. Meu marido teve que ir nas lojinhas tentar troco desesperadamente. Ao chegar no Panamá não cheguei a ver se tinha, já que eu já havia comprado, mas eu liguei para a COPA uma semana antes e o atendente (que por sinal era do Panamá) me garantiu que teria o visto lá no balcão, que não há isso de chegar e não ter!

Deixe uma resposta