Dicas da Noruega: Tudo para organizar a sua viagem

A Noruega é um daqueles lugares invejáveis, no melhor sentido da palavra. Um país que esbanja qualidade de vida, educação, segurança, tem a sua economia pujante e claro, paisagens que parecem ter saído de um livro de ficção. Neste artigo eu compartilho com vocês as minhas dicas da Noruega para você organizar a sua primeira viagem.

***

A Noruega, ao lado da Dinamarca e da Suécia, formam os países escandinavos e em se tratando de escandinávia, estamos falando de países super desenvolvidos, modernos e sustentáveis. De acordo com o ranking da Organização das Nações Unidas, a Noruega é o país com o maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do mundo, com 0,938. A nível de comparação, para se ter uma ideia, a Suécia aparece em 9° lugar, com 0,885.

Eu estive no país em novembro de 2023 e passei por Oslo, Bergen e Tromso e aqui eu compartilho todas as minhas dicas da Noruega com vocês.

Dicas da Noruega
Trem atravessando a Noruega

Dicas da Noruega


Onde fica a Noruega?

A Noruega é uma monarquia e está localizada no extremo norte da Europa e faz divisa com a Suécia, Finlândia e com a Rússia. Possui uma área de 385 199 km² que se espalha pela porção continental do país e por 150 mil ilhas espalhadas ao longo do seu território.

A capital da Noruega é Oslo e o país inteiro possui pouco mais de 5 milhões de habitantes, de fato é um país pouco populoso e possui imensas áreas desabitadas em seu território bem acidentado.

Dicas da Noruega: Onde fica

Como chegar a Noruega

É provável que Oslo, a capital norueguesa, seja a sua porta de entrada para o país. E embora não existam voos diretos do Brasil para a Noruega, a razão para escolher Oslo como porta de entrada é o fácil acesso de diversos cantos da Europa. 

É muito simples chegar em Oslo fazendo conexão em alguma cidade europeia como Lisboa (TAP), Paris (Air France), Frankfurt (Lufthansa), Londres (British Airways), Madrid (Iberia e Air Europa), Roma (ITA), Zurique (Swiss), Amsterdam (KLM) ou até mesmo em Istambul (Turkish Airlines). 

Todas estas empresas operam no Aeroporto de Oslo Gardermoen, distante 56 km da cidade. Exceto a KLM que também tem voos para o Aeroporto Oslo Torp Sandefjord que fica bem ao sul de Oslo, distante 118 km da cidade. Tenha bastante atenção na hora de comprar a sua passagem, pois o melhor aeroporto para chegar é o Aeroporto de Oslo Gardermoen.

Em contrapartida, é possível chegar em Oslo de trem vindo dos outros países escandinavos como Copenhague (Dinamarca), Estocolmo (Suécia), Gotemburgo (Suécia). Os trens são operados pela VY, a empresa de trens da Noruega que possui um serviço confortável e com bons preços.

Dicas da Noruega
Dicas da Noruega: Aeroporto de Oslo

Visto e imigração na Noruega

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Europa e podem permanecer no continente por até 90 dias a cada 6 meses. Quem vem em um voo do Brasil, a imigração vai ser sempre onde o avião fizer a sua primeira parada, exceto se o seu voo saindo do Brasil fizer conexão no Reino Unido ou na Turquia, que são rotas também usadas. Por exemplo: se o seu destino final é Oslo, mas você está voando com a Lufthansa com conexão em Frankfurt, a sua imigração será em Frankfurt.

Leia mais:
Dicas para passar pela imigração na Europa sem medo

Futuramente será necessário emitir o ETIAS para entrar na Europa, o Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagem (European Travel Information Authorization System). Um documento que passará a ser obrigatório para viajantes de 62 países, incluindo os brasileiros, para entrarem nos 26 países que compreendem o Espaço Schengen.

O ETIAS deve passar a ser obrigatório a partir de 2025 e aqui eu explico exatamente como ele funciona.


Quando visitar a Noruega?

A princípio, é possível visitar a Noruega em qualquer época do ano, contudo, existem algumas particularidades, ainda mais se você não gosta de frio extremo. 

Resumidamente, a Noruega é fria o ano inteiro, especialmente para os padrões brasileiros. Todavia, os períodos de temperaturas mais amenas são os meses do verão europeu (junho, julho e agosto) com média de 22 graus de máxima em Oslo. Porém, quanto mais para o norte, mais frio será. Em Tromso, no extremo norte, a média é de 15 graus de temperatura no verão.

Para quem busca ver a Aurora Boreal, e esse foi o meu caso, o fenômeno acontece nos meses mais frios e vai de meados de setembro até o começo de março. Entretanto, os melhores meses são novembro, dezembro e janeiro. Eu escolhi novembro pois não é tão frio como dezembro e janeiro. E o melhor lugar para ver a Aurora é em Tromso, no extremo norte do país.

Dicas da Noruega
Aurora Boreal na Noruega

Qual é a moeda da Noruega

A moeda oficial do país é a Coroa Norueguesa (NOK) e atualmente 1 coroa vale 40 centavos de real. Entretanto, seguindo uma tendência em países desenvolvidos, muitos estabelecimentos não aceitam o pagamento em dinheiro, apenas em em cartões de débito ou crédito.

Minha dica: leve um cartão de débito internacional como Wise ou Nomad e se precisar de dinheiro em espécie, é melhor fazer um saque nos caixas eletrônicos. Não é nada simples encontrar casas de câmbio para trocar Euros ou Dólares pelas Coroas Norueguesas.

Dicas da Noruega
Dicas da Noruega: a moeda local

Idioma

Existem três idiomas oficiais na Noruega, o Bokmål que é falado na maior parte do país, o Nynorsk que é mais falado no lado oeste e o Sami, predominante na região da Lapônia Norueguesa. É o idioma da tribo de mesmo nome e trata-se da maior da Europa, com mais de 70 mil pessoas espalhadas pela Noruega, Suécia, Finlândia e da península de Kola, na Rússia.

Mas fiquem tranquilos pois os noruegueses falam inglês e o idioma é uma espécie de língua alternativa no país. Em conclusão, dá para se virar muito bem na Noruega apenas com o inglês e sem falar uma palavra do norueguês.


Seguro viagem

O seguro viagem é obrigatório para entrar na Europa. Não portar a apólice de seguro viagem no momento da imigração pode resultar em recusa e o visitante ser barrado ali mesmo. Para evitar que isso aconteça, recomendo que nunca saia do Brasil sem o seguro viagem, até mesmo para sua proteção em países onde o seguro não for obrigatório.

Faça seu seguro viagem aqui com desconto


Internet na Noruega

Ao invés de comprar um chip telefônico em cada um dos países, eu tenho optado por usar o e-Sim, o chip virtual da Airalo. A compra é simples, dá pra fazer tudo pelo app e ainda gerenciar o uso da franquia de dados. Pelo app eu consigo também recarregar os créditos caso os meus dados tenham acabado. E a conexão é impecável, o 5G funcionou muito bem na Europa inteira. Inclusive, nos lugares mais isolados do norte da Noruega, dentro do Círculo Polar Ártico, a conexão funcionou bem.

Eu também já usei Airalo na África e na Ásia, até mesmo no Laos, um dos países mais pobres e mais isolados do mundo, o sinal funcionou muito bem.

Aqui eu explico como comprar o e-Sim da Airalo e ainda tem um cupom com 3 dólares de crédito na sua primeira compra.


Dicas da Noruega: Meu roteiro


Eu cheguei na Noruega via Oslo, fiz uma conexão rápida e segui para Tromso, no extremo norte do país. De Tromso eu desci até Bergen de avião e posteriormente segui até Oslo de trem. Abaixo eu detalho o meu roteiro em cada uma dessas cidades e também compartilho as sugestões de passeios e mais dicas da Noruega.


Tromso

A cidade de Tromso é conhecida como a “capital mundial da Aurora Boreal” e está localizada a mais de 300 km acima do Círculo Polar Ártico, próximo ao Polo Norte. Um dos lugares mais isolados do norte da Europa é rodeado de fiordes e montanhas, a região é fria o ano todo. 

Eu me hospedei no Clarion Hotel The Edge, que tem uma localização privilegiada, de frente para o mar e as montanhas. Eu escolhi este hotel pois existem resenhas de vários hóspedes (inclusive brasileiros) que conseguiram ver a Aurora Boreal da janela do quarto. Então, logicamente para aumentar as minhas chances, eu escolhi este hotel.

Veja aqui mais dicas de hospedagem em Tromso

Eu fiquei 3 dias na cidade e foi o suficiente, entretanto eu não recomendo ficar menos de 3 dias para aumentar as suas chances de ver a Aurora Boreal, se essa for a sua razão para visitar Tromso, logicamente.

Dicas da Noruega
Tromso

Aurora Boreal em Tromso

Falando nisso, se o seu objetivo, como a maioria das pessoas, é ver a Aurora Boreal, o ideal é visitar Tromso do fim de setembro a meados de março, que é o período mais frio e quando acontece o fenômeno. Entretanto, os melhores meses são novembro, dezembro e janeiro. Eu escolhi novembro pois não é tão frio como dezembro e janeiro e ainda existe luz do dia.

Em novembro o dia amanhece por volta das 10h da manhã e se põe antes das 14h. São menos de 4 horas de luz do dia e durante o inverno, acontece a chamada “Noite Polar” onde o sol não aparece durante 2 meses. Isso mesmo, são 60 dias de noites contínuas e temperaturas que podem chegar até -30 graus.

Veja aqui todas as minhas dicas para ver a Aurora Boreal na Noruega

Aurora Boreal em Tromso

Recomendo comprar o passeio com certa antecedência e nunca deixar para comprar em cima da hora pois esses passeios se esgotam rapidamente. Eu comprei meu passeio pelo Get Your Guide que aliás, foi mais barato que o preço praticado pelas agências locais. 

Veja aqui um artigo geral com o que fazer em Tromso, além de muitas dicas úteis para organizar a sua viagem.

Tromso

Bergen

Bergen é rodeada por uma das paisagens naturais mais bonitas do norte da Europa e ponto de partida para conhecer alguns dos mais famosos fiordes noruegueses

Eu me hospedei no hotel Scandic Torget, que fica muito bem localizado, em frente ao píer e com fácil acesso para quem vem do aeroporto ou da estação de trens.

Eu cheguei em Bergen pelo aeroporto e do ponto final do Light Rail (o trem tipo VLT) que conecta o aeroporto ao centro da cidade. Do ponto final do Light Rail até o hotel, foram uns 5 minutos de caminhada até o hotel Scandic Torget. Já para quem chega de trem, a distância é de uma caminhadinha de 10 minutos.

Veja aqui mais dicas de onde se hospedar em Bergen.

Bergen

Eu fiquei 3 dias em Bergen e o meu primeiro passeio foi até um dos fiordes. Eu comprei o meu passeio pelo Get Your Guide e foi mais barato e mais prático que comprar pelas agências locais e paguei 68 Euros no passeio. Vocês podem comprar o mesmo passeio através deste link.

Além deste passeio, Bergen tem bastante coisas para ver e lugares para visitar, neste artigo eu compartilho o que fazer em Bergen, além de outras dicas mais práticas de como chegar em Bergen.

Bergen

Oslo

Por fim, eu segui até Oslo em uma das viagens de trem mais bonitas do mundo, a Bergensbanen, a “Linha de Bergen” conecta Bergen com a estação central de trens de Oslo em uma viagem de aproximadamente 7 horas. Aqui eu explico como fazer a viagem, algo que eu recomendo muito.

A capital norueguesa foi o meu terceiro e último destino no país e eu fiquei 2 dias lá. Oslo é uma das cidades mais seguras e desenvolvidas do mundo. Localizada na baía de um fiorde, a cidade esbanja qualidade de vida. Além disso, são parques, museus, arquitetura e um transporte público impecável.

Oslo

Eu me hospedei perto da Oslo S, pois facilitaria demais a minha vida, pois eu cheguei em Oslo vindo de Bergen e deixei a cidade a caminho de Estocolmo, todos os trajetos realizados de trem.

Por conta disso, eu me hospedei no Radisson Blu Plaza, que fica ao lado da Oslo S. Existe uma passarela suspensa que vai da estação até praticamente a porta do hotel, assim, eu nem precisei passar pela rua para chegar ao Radisson.

Veja aqui mais dicas de hospedagem em Oslo.

Oslo é uma cidade grande, contudo, é muito fácil de turistar, eu fiz todo o meu roteiro a pé e neste artigo eu compartilho com vocês o que fazer em Oslo.

Oslo

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, sou designer gráfico que cansou da vida no escritório e decidiu abraçar o mundo. Nestas andanças já foram 65 países e a sede por novas descobertas é cada vez maior. Venham descobrir o mundo comigo!

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.