Como visitar o The Peak e a melhor vista de Hong Kong

The Peak

O The Peak é o lugar mais visitado de Hong Kong, uma enorme montanha de onde a gente tem a melhor vista da cidade e se o tempo permitir, a visão vai até os “novos territórios”, praticamente na China continental.

Aí você deve estar me perguntando agora “como assim, se o tempo permitir?”. É que Hong Kong fica em uma região do Oceano Pacífico sujeito a diversas variações meteorológicas. De um lado tem a poluição que vem da China e do outro a neblina e intensas nuvens de chuva que vem do oceano.

A vista do The Peak

A vista do The Peak

The Peak Hong Kong

The Peak Hong Kong

Me disseram que o tempo totalmente claro e céu aberto em Hong Kong é uma exceção, e não uma regra. Por tanto, se você visitar o The Peak e encontrar o tempo limpo, pode se considerar um privilegiado.

Independente do tempo, a vista do The Peak é sensacional, ao lado da vista do Victoria Harbour, a gente consegue ter noção da verdadeira dimensão de Hong Kong, com seus prédios enormes e ultramodernos.

Além da vista sensacional, lá em cima tem um shopping – claro, estamos falando de Hong Kong – o Peak Tower que tem lojas, cafés, restaurantes e um museu de cera Madame Tussauds. Mas o que atrai as pessoas até lá é o mirante de onde a gente tem uma vista ainda melhor da cidade, o Sky Terrace 428, que como o nome sugere, fica a 428 metros acima do nível do mar.

Sky Terrace 428

Sky Terrace 428

Subindo até o Sky Terrace 428

Subindo até o Sky Terrace 428

O The Peak também tem várias trilhas pela mata, outros mirantes. O circuito do Pico é uma trilha de 4km que contorna toda a montanha e proporciona uma visão ainda melhor do Victoria Harbour, da parte norte de Hong Kong e das ilhas Aberdeen e Lamma ao sul. Vale muito a pena fazer essa trilha.

Para quem gosta de trilhas, tem ainda uma que vai até a Represa Pok Fu Lam. O que uma galera faz, é descer até ela pelo caminho de 5km pelos bosques do Country Park até chegar na represa. A trilha termina na Pk Fu Lam Road e de lá dá para pegar um ônibus até o centro da cidade, ótimo para quem não quiser subir toda a montanha novamente.

The Peak Hong Kong

The Peak Hong Kong

Outro mirante

Outro mirante

The Peak Hong Kong

The Peak Hong Kong


Como chegar ao The Peak


A melhor forma de subir até o The Peak é pelo Peak Tram, um funicular que sobe a montanha a uma inclinação impressionante de 27 graus. O passeio no Peak Tram já é uma atração a parte e faz esse percurso há 120 anos sem nenhum acidente.

The Peak Tram

The Peak Tram

Ele parte da estação no pé da montanha, a estação de metrô mais próxima é a Central, da linha vermelha (Tsuen Wan Line) ou linha azul escura (Island Line).  Ao chegar na estação, pegue a saída J2, que sai direto no Chater Garden, imediatamente você vai ver os prédio do Bank of China, é só seguir em direção a ele e entrar na Garden Road e seguir em frente, rua acima até avistar a estação do The Peak Tram. Não tem erro e você vai ver outras pessoas fazendo o mesmo caminho.

Veja aqui como usar o metrô de Hong Kong

Saídas do metrô

Saídas do metrô

Atravesse o parque e siga em frente

Atravesse o parque e siga em frente

O bilhete ida e volta incluindo a entrada para o mirante Sky Terrace 428 custa 90 HK$, o que dá uns 38 reais no câmbio de junho de 2017. Só a ida e volta no Peak Tram custa 45 HK$, o que dá uns 19 reais. Consulte outros valores e condições especiais nessa página.

A subida é bem rápida, dura uns 15 minutos. O passeio é interessante, dá pra ver a vista em alguns pontos mas não tem nada muito especial. O ângulo de inclinação do tram impressiona e dá até uma assustadinha, mas a gente se acostuma.

 

Quando visitar o The Peak

O melhor período para visitar o The Peak é pela manhã, pois é quando o ar está mais limpo, sem a cortina de poluição que vem da China. Por outro lado, o período da manhã tem uma maior chance de ter neblina.

Eu cheguei lá por volta das 10h da manhã e fiquei até umas 13h, a apesar do templo meio nublado, a vista é sensacional e volta e meia vem uma abertura de sol aqui e outra ali.


Mais posts sobre Hong Kong e Macau


Planejamento

Chegando em Hong Kong: visto, imigração e transporte até a cidade
Como usar o metrô de Hong Kong
Onde ficar em Hong Kong: dicas de hospedagem
Internet em Hong Kong: que operadora usar e como comprar o chip
Como chegar em Macau em um bate-volta saindo de Hong Kong

Lugares para ver e o que fazer

O que fazer em Hong Kong (roteiro de 4 dias)
O que fazer em Macau (bate-volta desde Hong Kong)
O templo dos 10 mil Budas em Hong Kong
Parque Kowloon
Symphony Of Lights: o show de luzes de Hong Kong
Grande Buda da Ilha de Lantau
O teleférico de Hong Kong
The Peak e a melhor vista de Hong Kong


Procurando hospedagem em Hong Kong?


Olha a nossa lista de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui

Leia nosso post com dicas para escolher um bom lugar para se hospedar em Hong Kong. Clique aqui.



Booking.com


Passeios em Hong Kong


Compre aqui seus passeios em Hong Kong, economize e evite filas


Resolva a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.