Como é voar para Santiago nos novos Boeings 787 da LAN?

voar para Santiago

Em dezembro do ano passado, eu viajei para Santiago pela LAN. Quando planejava a minha viagem, eu soube que a empresa estava iniciando os vôos para o Chile com os novíssimos Boeing 787 Dreamliner, o avião mais moderno em operação. São dois horários por dia operados com o modelo e eu queria muito voar para Santiago no 787 e comprovar se a fama era legítima.


Como é voar para Santiago com a LAN Airlines


Checkin

Desde setembro do ano passado, LAN e TAM operam seus vôos internacionais no novíssimo Terminal 3 do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Eu cheguei ao aeroporto com 3 horas de antecedência, que sairia no fim da tarde, estávamos no horário de verão e como no Chile anoitece mais tarde nessa época, todo vôo foi diurno.

O checkin poderia ser feito nos tótens de autoatendimento, online ou via aplicativo. Eu fiz no app da TAM e só despachei a mala, o procedimento não demorou mais do que 5 minutos.

A aeronave

Dreamliner no gate do Terminal 3

Dreamliner no gate do Terminal 3

O avião, como eu disse, é um moderno Boeing 787-8 Dreamliner, a LAN está renovando toda sua frota de longo curso com essas aeronaves, modelos -8 e -9. O modelo já voa para a Europa e Estados Unidos a noite e durante o dia para destinos sul americanos. Até os vôos que partem de Santiago até Austrália e Nova Zelância, que antes eram operados pelos quadrimotores Airbus A340-300, já estão sendo feitos com os Dreamliners.

O Dreamliner vem com um enorme pacote e inovações, a começar pela aerodinâmica avançada, que usa o vento a seu favor. Lembram do vídeo do Dreamliner da Vietnã Airlines quase decolando na vertical?

As janelas são 30% maiores que as janelas dos outros modelos e não tem a tradicional cortina. Ela é escurecida eletronicamente pressionando um botão, com 5 níveis de luminosidade.

O avião também tem um sistema de ar condicionado que evita o ressecamento do ar, o que para mim, é uma das melhores inovações do modelo. Ele também vem com um sistema que evita turbulências e se forem inevitáveis, reduz os efeitos. Além de ser o avião mais silencioso em operação, na sua categoria. De acordo com a Boeing, 60% menos que os concorrentes.

Eles vem equipados com 247 lugares, sendo 217 na econômica na configuração 3-3-3 e 30 poltronas flat-bed na configuração 2-2-2 na executiva.

Embarque

O embarque começou a ser feito 40 minutos antes da decolagem. Primeiro as prioridades, seguido dos passageiros da executiva e membros fidelidade. Por último o pessoal da econômica, primeiro os da última seção da aeronave e depois os passageiros da parte central do avião.

Classe econômica

Como é voar para Santiago com a LAN: Classe econômica

Nas poltronas tinham travesseiros, mantas e fones de ouvido. A qualidade é sempre a mesma, né? Mas quebra um galho num vôo de menos de 4 horas até o Chile.

Todo o speech é feito em espanhol e inglês, mesmo sendo um vôo dominado por Brasileiros, mas não chega a ser um problema. A tripulação é toda chilena e são bem simpáticos e se esforçam para entender o português.

Serviço de bordo e entretenimento

O vôo saiu pontualmente e alguns minutos após atingir a altitude de cruzeiro, a tripulação começou o serviço de bordo. Só tinha uma opção: sanduíche frio, uma torta de chocolate de sobremesa, biscoitos e um queijinho. Para beber: sucos, refrigerantes, água e vinho. Para um vôo curto, é bem aceitável esse lanche, mas servindo de comparação, a SKY Airline serve uma refeição completa no mesmo trajeto.

Lanche servido a bordo

Como é voar para Santiago com a LAN: Lanche servido a bordo

Após o lache foi a hora de explorar o entreteninento de bordo. Eles tem uma boa variedade filmes, séries e programas de TV. Alguns filmes bem atuais, recém saído dos cinemas. As telas são de 9 polegadas touch screen. A boa surpresa é a porta USB para recarregar a bateria do celular ou conectar outros dispositivos.

A vista dos Andes

Como é voar para Santiago com a LAN: A vista dos Andes

Mas o melhor entretenimento é o sobrevôo da Cordilheira dos Andes e como o vôo foi todo diurno, deu para ver com clareza as montanhas. Uma dica importante: no vôo de ida, prefira as poltronas do lado direito e na volta, os lugares do lado esquerdo da aeronave.

O vôo todo foi super tranquilo, sem as famosas turbulências que sempre afetam as aeronaves no sobrevôo da Cordilheira. O pouso também foi muito suave, veja esse vídeo que eu fiz em time-lapse:


Eu fiz esse mesmo trecho também na SKY Airline e um outro ponto positivo para a SKY, além da refeição, é que a tripulação já distribui os dois formulários que devem ser apresentados na imigração ainda durante o vôo. O que facilita a vida dos passageiros no desembarque no aeroporto de Santiago.


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

7 Comentários

  • Responder novembro 5, 2015

    jaqueline santana

    Fui de Lan para o Chile em 2013.
    Pensa num avião confortavel.
    Eu adorei

    • mm
      Responder novembro 5, 2015

      Fabricio Moura

      Ela é ótima né? Também fui na Sky, tem review aqui no blog, foi bemmmm apertadinho.

  • Responder janeiro 21, 2016

    Marciobasso

    Olá
    Na ida você sugere as poltronas no lado direito de quem entra na aeronave, tipo A B C ?
    Sds

    • mm
      Responder janeiro 22, 2016

      Fabricio Moura

      No vôo de ida eu recomendo lado direito, poltrona L. Se for no 787, na econômica escolha as últimas poltronas pra asa não atrapalhar a visão. Na executiva não tem problema. Na volta, escolha o lado esquerdo, poltrona A.

      Abraços!

  • Responder fevereiro 16, 2016

    alvaro

    Fiquei confuso com a informação sobre o melhor lado para ter a vista da cordilheira, por que vários blogs informam o inverso, que é melhor a esquerda na ida que da para ver o Aconcagua. O que me diz, irei no final de março nesse voo, chega em Santiago perto das 20:00, ainda estará claro para ver algo da cordilheira ?

    • mm
      Responder fevereiro 19, 2016

      Fabricio Moura

      Oi Alvaro, eu já fiz esse vôo 3 vezes. Na ida sempre foi melhor o lado direito e na volta o esquerdo. Se eu fosse voltar, compraria essas poltronas. Em março já vai estar escurecendo um pouco mais cedo, mas ainda vai dar pra ver.

  • Responder abril 12, 2016

    alvaro

    Ola, apenas para deixar meu relato, voei no ultimo dia 20/03 e volta 01/04 ida e volta com o 787-8, foi bem legal, no meu caso, na ida que foi no meio da tarde serviram refeição, um ravioli, sobremesa e vinho, de pois wisky. Na volta que foi pela manhã um omelete com batatas além de frutas.

    Quanto ao avião, não achei tão silencioso como ouvi falar, mas no mais é muito bom, realmente te da a sensação de um voo internacional ao contrario do narrow-body. Entretenimento a bordo muito bom, e a tripulação chilena, foi simpática e prestativa.

    Quanto a vista da cordilheira, na ida deu pra ver e filmar, um pouco antes de escurecer, mas tinha pouca neve, já a volta pela manhã estava muito fechado e não deu pra ver nada.

    O check-in na ida, deu para fazer dos 2 voos , Curitiba-SP e SP-Santiago imprimindo os bilhetes em casa, mas na volta o sistema só me permitiu fazer do voo doméstico, o voo da LAN Santiago-SP tive que fazer no aeroporto, não gostei dessa parte.

    No mais, tudo muito bom.

Deixe uma resposta