Caminhe sobre Bangkok no prédio mais alto da Tailândia

prédio mais alto da Tailândia

Bangkok é uma cidade que não para, sempre tem alguma coisa nova para ver e a grande novidade do ano é o King Power Mahanakhon, o prédio mais alto da Tailândia. O edifício foi inaugurado em 2016, mas só no fim de novembro que eles abriram o seu SkyDeck para o público.

São 314 metros de altura distribuídos em 78 andares. Lá dentro funciona um hotel, um conjunto de apartamentos residenciais de alto luxo, além de uma mega loja da King Power, o duty-free da Tailândia.

É impossível ser indiferente ao Mahanakhon, o prédio de linhas desconstruídas é o mais arrojado do skyline de Bangkok e confesso que na minha modesta opinião, um dos arrojados do mundo. Basta olhar a sua arquitetura que por vez parece confusa, desajustada e mesmo assim, compõe um lindo conjunto visual. Eu acho que Bangkok deve ser o lugar dos sonhos para todo arquiteto, pois os prédios aqui são realmente únicos.

A arquitetura única do prédio mais alto da Tailândia (imagem: divulgação)

Mesmo com poucos dias de funcionamento, visitar o topo de Bangkok já está entre os programas obrigatórios na cidade. A prova disso é o número de pessoas, especialmente no fim de tarde.

A visita pode ser dividida em duas partes, no 74º andar fica o Observatório, um andar inteiro com paredes de vidro de cima a baixo e de onde a gente já tem uma vista incrível em 360º de Bangkok. Depois pegamos uma escada rolante e chegamos até o 75º que é onde fica o elevador panorâmico que vai direto para o rooftop, no 78º andar.

O Rio Chao Phraya serpenteando pela cidade

E sim, a vista é absolutamente incrível lá de cima. Pela localização, a gente consegue ver todo o skyline de Bangkok e acompanhar as longas curvas do Rio Chao Phraya serpenteando no meio da metrópole.

A vista é fantástica

Mas o que chama a nossa atenção e faz muita gente ter momentos de emoção e até mesmo de pânico, é a SkyWalk, uma enorme plataforma de vidro suspensa na lateral do prédio e de onde podemos ter uma experiência única em Bangkok. Deixe a vertigem de lado e caminhe literalmente sobre a cidade. É sensacional!

É para quem tem o coração forte

Quem acompanhou os Stories que eu fiz no Instagram do Vou na Janela viu o meu vídeo que parece que eu estou andando no ar, é sensacional. Se você não viu, corre lá no perfil que eu deixe esses Stories arquivados.

Vertigem garantida

 

The Peak, a SkyWalk e a vista de Bangkok

Além da SkyWalk, o rooftop tem um bar e uma plataforma mais alta, o The Peak. É nela que conseguimos a altura de 314 metros acima de Bangkok.

A dica é, pegue um drink e curta o pôr do sol do rooftop do prédio mais alto da Tailândia, a música ambiente é ótima e a atmosfera é super agradável. Vai ser uma experiência muito especial em Bangkok.

O fim de tarde no prédio mais alto da Tailândia


Como visitar o prédio mais alto da Tailândia?


O King Power Mahanakhon fica em frente a estação Chong Nonsi do BTS, o metrô de superfície de Bangkok. Chegando na estação você já vai ver o prédio, basta seguir as placas indicando o SkyWalk.

Veja aqui como usar o metrô de Bangkok

Existem dois tipos de ingresso:

  • Indoor Observatory: que dá acesso apenas ao observatório que fica no 74º andar e custa 850 bahts (adultos) ou 250 bahts (crianças e idosos).
  • Indoor Observatory e The Sky Deck: este é o ingresso mais completo, onde o visitante tem acesso ao observatório do 74º andar e ao Rooftop com o The Peak e a SkyWalk, a passarela de vidro. O preço é de 1.050 bahts (adultos) ou 450 bahts (crianças e idosos).

Até janeiro de 2019 eles estão com uma promoção onde o ingresso completo custa 780 bahts e inclui um drink de cortesia no bar do rooftop.

A vista é em 360 graus da cidade


Vale a pena?

O ingresso é caro, o Mahanakhon é atualmente a atração mais cara de Bangkok, até então era o Grand Palace que custa 500 bahts a entrada. Em uma cidade onde visitar um templo famoso a gente paga de 50 a 100 bahts, o valor do Mahanakhon é muito fora da realidade tailandesa. Tanto que só tinham estrangeiros visitando, esse valor para os tailandeses, considerando salário médio daqui, é uma afronta.

Mas respondendo se vale a pena visitar o prédio mais alto da Tailândia: Sim, vale cada centavo gasto. A vista é muito linda, a visita é agradável e tudo isso se converte em uma experiência muito especial.

Até o monge se impressiona


Outros lugares para ver Bangkok de cima


Em um lugar com tantos prédios, não deve ser difícil encontrar um lugar bacana para ver a cidade de cima, correto? Sim, Bangkok está cheia de bons bares e restaurantes no topo dos prédios. Como o Lebua Hotel, que inclusive fica pertinho do Mahanakhon e ficou famoso por ser cenário do filme Se Beber Não Case II, tem até um drink chamado Hangovertini que foi inspirado no filme.

Mas se você só quer apreciar a vista, e não quer gastar tanto no Mahanakhon, existe o Baiyoke Sky Hotel, que até então era o prédio mais alto de Bangkok. O Baiyoke tem 250 metros de altura e uma plataforma giratória no topo de onde a gente tem uma vista de 360 graus da cidade.

A vista do Baiyoke Sky Hotel

Ele fica pertinho da estação Ratchaprarop do trem que vai da estação Phaya Thai do BTS até o Aeroporto Suvarnabhumi. A entrada também é bem mais barata que o Mahanakhon, custa 450 bahts e vem um drink meio duvidoso de cortesia.

É mais barato, é bem alto, a vista é bonita, mas não é a mesma, a experiência de andar pela passarela de vidro vale o investimento.

A plataforma giratória do Baiyoke Sky Hotel



Eu já estive em Bangkok mais 5 vezes e aliás, já morei lá durante o ano de 2018. Todos os hotéis que eu vou indicar neste post eu já conheço e já me hospedei neles. Leia o post completo com todas as dicas ou confira os principais destaques aqui embaixo:

Rambuttri Village Plaza é um achado! Ele fica no coração do centro histórico de Bangkok, pertinho da Khao San. Embora essa região seja bem cheia, ele fica em uma rua super gostosa e bem tranquila. E foi neste hotel que eu me hospedei em duas ocasiões em Bangkok.

Amara Bangkok faz parte de uma rede de hotéis lá da Ásia, com duas unidades em Singapura, uma em Xangai e este em Bangkok. E não é exagero dizer, esse foi o melhor hotel que eu fiquei em Bangkok.

Prime Hotel Central Station foi reformado a pouco tempo, o quarto era enorme, com uma cama muito confortável. Uma bela vista da estação Hua Lampong, de onde saem os trens para Ayutthaya e para todos os cantos da Tailândia. 

The Quarter Ladprao fica em uma localização super estratégica em Bangkok, perto do Aeroporto Don Mueang e com fácil acesso de trem ao Aeroporto Internacional Suvarnabhumi.

Por fim, um hotel para quem está em trânsito. Eu fiquei no Suvarnabhumi Ville Airport Hotel durante uma conexão longa no Aeroporto Internacional Suvarnabhumi. O hotel fica ao lado do aeroporto, coladinho na pista. Inclusive eles tem um bar no rooftop – que serve drinks maravilhosos e ótimos pratos –  e de onde temos uma vista sensacional dos pousos e decolagens.


Quando ir e quanto custa:
Qual é a melhor época para visitar a Tailândia
Quanto custa viajar para a Tailândia?
Custo de vida na Tailândia
Que moeda levar para a Tailândia

Imigração e serviços:
Chegando em Bangkok por Suvarnabhumi e Dom Mueang
As companhias aéreas low-cost da Tailândia
Como funciona o Grab, o Uber da Ásia
Chip de internet na Tailândia

Leia mais::
Perigos e golpes na Tailândia
15 coisas que você precisa saber antes de visitar
Songkran, o ano novo tailandês

Para organizar a sua viagem:
O que fazer em Bangkok
Onde ficar em Bangkok
Como usar o metrô de Bangkok

Roteiros em Bangkok:
O que fazer em Bangkok
O melhor roteiro de barco em Bangkok
8 experiências em Bangkok
O que fazer em Ayutthaya (bate volta)

Atrações de Bangkok:
Grand Palace e Wat Phra Kaew
Wat Arun: o templo do amanhecer
Wat Pho: o templo do Buda deitado
Passeios de barco em Bangkok
O melhor roteiro de barco em Bangkok
Chinatown e o templo do Buda de Ouro
Templo de Mármore em Bangkok
Templo Golden Mount
Mercado Flutuante
Mercado do trem
Khao San Road
Suan Pakkad Palace
Chatuchack Weekend Market
Asiatique
Iconsian
Jim Thompson House
Caminhe sobre Bangkok em uma passarela de vidro


Como chegar em Ayutthaya
O que fazer em Ayutthaya (bate volta)


O que fazer em Chiang Mai
Onde ficar em Chiang Mai
Aldeia das “mulheres girafa”
Tiger Kingdom
Templo Doi Suthep
Festival das Laternas de Chiang Mai
Uma experiência com os monges de Chiang Mai


Sukhothai, o berço da civilização tailandesa


Krabi & Railay Beach
Railay Beach, como chegar e o que fazer
Roteiro pelas ilhas saindo de Krabi
A ilha dos morcegos gigantes
Tour das 7 ilhas

Phi Phi Island
O que fazer em Phi Phi Islands
Como chegar em Phi Phi
Onde ficar em Phi Phi
Maya Bay
Mergulho em Phi Phi

Phuket
O que fazer em Phuket
Patong Beach em Phuket

Koh Lipe
O que fazer em Koh Lipe
Como chegar em Koh Lipe
Onde ficar

Koh Samui
Dicas de Koh Samui, como chegar e o que fazer
Três ilhas unidas por uma praia em Koh Ningyuan










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


Compartilhe este post:
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.