Maya Bay fechada e o turismo predatório na Tailândia

Maya Bay está fechada

Recentemente, vários amigos me marcaram em posts no Facebook com a notícia de que Maya Bay – a famosa praia tailandesa – estava fechada para o turismo. E junto dos posts uma onda enorme de comentários de pessoas lamentando o fechamento.

Eu estive em Maya Bay em 2016 e fiquei assustado com a multidão de turistas, algo digno de final de Copa do Mundo entre Brasil e Argentina. A cada momento um novo barco com mais de cinquenta pessoas aportava na praia, o dia inteiro.

Tanta, mas tanta gente que era impossível relaxar na areia sem ser incomodado pela multidão de chineses em busca do selfie perfeito. Entrar no mar era ainda pior e perigoso, com o risco de ser atropelado por uma dezena de barcos no vai e vem levando e trazendo gente.

Veja também:
O que fazer em Phi Phi e como planejar a sua viagem
O que fazer em Phuket
O que fazer na Railay Beach em Krabi
Dicas de Koh Lipe: Como chegar e o que fazer

Maya Bay está fechada: impossível relaxar em um lugar assim

Maya Bay fica em uma ilha na região de Koh Phi Phi, no mar de Andaman no sul da Tailândia. Ficou famosa por conta do filme “A Praia” com o Leonardo Di Caprio e desde então meio mundo correu para aquele recanto (até então) paradisíaco do mundo.

A medida de fechar Maya Bay para os turistas é perfeitamente compreensível depois que a gente constata com os próprios olhos o que o turismo sem consciência ambiental pode fazer. E a Tailândia vive entre o céu e o inferno, pois são os mais de 35 milhões de visitantes que ela recebe todos os anos que movimentam a economia e sustentam o país. Mas é justamente esse volume absurdo de gente que vem destruindo lugares como Maya Bay.

Maya Bay está fechada: A quantidade de lixo deixada para trás é chocante

A previsão é que a ilha fique fechada de junho até setembro, período de baixa temporada e que coincide com os meses de monção, quando chove praticamente o tempo todo nessa região da Ásia. A medida é para que o ecossistema de Maya Bay tente se recuperar até a reabertura no fim da temporada das monções.

Atualização: O Departamento dos Parques Nacionais da Tailândia disse essa semana (05/10/2018) que Maya Bay ainda não está recuperada e que vai manter a ilha fechada por tempo indeterminado até que a vida marinha se recupere.

A ideia de fechar as ilhas não é recente, desde 2015 que o Departamento dos Parques Nacionais da Tailândia vem fazendo uma espécie de rodízio em suas ilhas. Alguns desses lugares já tiveram mais de 80% dos seus corais destruídos.

Faixa de areia formada por detritos de corais mortos

No ano passado eu estive em Koh Samui e fui visitar a ilha de Koh Nangyuan, um dos lugares mais bonitos que eu já vi. É aquele lugar onde três ilhas são unidas por uma faixa de areia. Mas o que muita gente não sabe, é que a tal faixa de areia é em sua maioria formada por detritos de corais mortos. Triste, né?

O problema da Tailândia é o mesmo de muitos países. Cabe a nós, visitantes, cuidar da casa dos outros como cuidamos da nossa.


Maya bay está fechada, e agora?


Se você tem viagem marcada ou pretende visitar a Tailândia neste período, saiba que Maya Bay é linda sim, mas que a Tailândia é bem mais do que isso. São centenas de ilhas no Mar de Andaman e no Golfo da Tailândia que merecem a sua visita.

Recomendo ler este post com um roteiro com mais 13 ilhas e praias lindas na Tailândia. Todas nessa região e com saídas de Krabi ou Phuket.

E se você for, não custa dizer que é bacana recolher seu lixo e levar de volta para o hotel, vamos fazer sempre a nossa parte e ajudar a preservar esse cantinho lindo do mundo.

Veja também:
O que fazer em Phi Phi e como planejar a sua viagem
O que fazer em Phuket
O que fazer na Railay Beach em Krabi
Dicas de Koh Lipe: Como chegar e o que fazer

Maya Bay está fechada, mas não faltam opções, como a Railay Beach


Passeios em Phi Phi Islands



Quando ir e quanto custa:
Qual é a melhor época para visitar a Tailândia
Quanto custa viajar para a Tailândia?
Custo de vida na Tailândia
Que moeda levar para a Tailândia

Imigração e serviços:
Chegando em Bangkok por Suvarnabhumi e Dom Mueang
As companhias aéreas low-cost da Tailândia
Como funciona o Grab, o Uber da Ásia
Chip de internet na Tailândia

Leia mais::
Perigos e golpes na Tailândia
15 coisas que você precisa saber antes de visitar
Songkran, o ano novo tailandês

Para organizar a sua viagem:
O que fazer em Bangkok
Onde ficar em Bangkok
Como usar o metrô de Bangkok

Roteiros em Bangkok:
O que fazer em Bangkok
O melhor roteiro de barco em Bangkok
8 experiências em Bangkok
O que fazer em Ayutthaya (bate volta)

Atrações de Bangkok:
Grand Palace e Wat Phra Kaew
Wat Arun: o templo do amanhecer
Wat Pho: o templo do Buda deitado
Passeios de barco em Bangkok
O melhor roteiro de barco em Bangkok
Chinatown e o templo do Buda de Ouro
Templo de Mármore em Bangkok
Templo Golden Mount
Mercado Flutuante
Mercado do trem
Khao San Road
Suan Pakkad Palace
Chatuchack Weekend Market
Asiatique
Iconsian
Jim Thompson House
Caminhe sobre Bangkok em uma passarela de vidro


Como chegar em Ayutthaya
O que fazer em Ayutthaya (bate volta)


O que fazer em Chiang Mai
Onde ficar em Chiang Mai
Aldeia das “mulheres girafa”
Tiger Kingdom
Templo Doi Suthep
Festival das Laternas de Chiang Mai
Uma experiência com os monges de Chiang Mai


Sukhothai, o berço da civilização tailandesa


Krabi & Railay Beach
Railay Beach, como chegar e o que fazer
Roteiro pelas ilhas saindo de Krabi
A ilha dos morcegos gigantes
Tour das 7 ilhas

Phi Phi Island
O que fazer em Phi Phi Islands
Como chegar em Phi Phi
Onde ficar em Phi Phi
Maya Bay
Mergulho em Phi Phi

Phuket
O que fazer em Phuket
Patong Beach em Phuket

Koh Lipe
O que fazer em Koh Lipe
Como chegar em Koh Lipe
Onde ficar

Koh Samui
Dicas de Koh Samui, como chegar e o que fazer
Três ilhas unidas por uma praia em Koh Ningyuan










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


Compartilhe este post:
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.