Roteiro de trem pela Alemanha: de Berlim a Munique

Roteiro de trem pela Alemanha

Recentemente eu fiz um roteiro de trem pela Alemanha. De Berlim até Munique, passando por várias cidades pelo caminho e fazendo todo o trajeto de trem. Era um sonho antigo que eu pude realizar e foi uma experiência incrível. Por que fazer um roteiro de trem pela Alemanha? Simplesmente porque é lindo! A Alemanha é um dos países europeus mais bonitos e eu escolhi o outono para fazer essa viagem, quando a vegetação estava linda, toda e tons de amarelo ao vermelho.

***

Viajar de trem pela Europa, especialmente pela Alemanha é muito prático. As vantagens são muitas, com poder chegar na estação poucos minutos antes do embarque, viajar em trens velozes e confortáveis vendo a belíssima paisagem nas janelas. Outra vantagem que eu acho sensacional, é que as estações de trem fica no centro das cidades, enquanto os aeroportos ficam bem afastados.

Por outro lado, as vezes o avião sai bem mais barato que o ICE (trem de alta velocidade da Deutsche Bahn), mas você não tem que se deslocar até os aeroportos e perder tempo esperando voo.

Aqui no blog tem dois posts que eu recomendo a leitura, em um eu explico como comprar as passagens direto no site da DB (Deutsche Bahn) e como é viajar de trem pelo país:

Como comprar as passagens de trem
Como é viajar de trem na Alemanha


Roteiro de trem pela Alemanha


A minha viagem começou em Berlim, seguido de Hamburgo no norte, Colônia no oeste, descendo até Frankfurt, passando por Heidelberg, Nuremberg e finalizando em Munique. O meu roteiro de trem pela Alemanha foi longo, mas eu fiz todo ele em 20 dias, optando por seguir de Berlim direto para Frankfurt e Munique, você consegue fazer na metade do tempo.

Meu roteiro de trem pela Alemanha


Berlim

Eu cheguei em Berlim de avião, vindo de Lisboa e fiquei 4 dias na cidade. Para facilitar a minha vida, eu me hospedei no Hotel Meininger. Ele fica do lado da Hauptbahnhof a estação central de trens de Berlim. Que além ser o ponto de chegada dos trens que vem do aeroporto Schoenefeld, ela tem conexão com o metrô, e de lá saem os trens para as outras cidades. Localização mais que estratégica e eu recomendo muito este hotel.

Nesses quatro dias em Berlim eu consegui visitar os principais pontos da cidade, aqui no blog tem um guia super completo sobre Berlim, dá uma olhada:

Guia de Viagens: Berlim, Alemanha

Sugestões de hotéis em Berlim:
Meininger Hotel Berlin Hauptbahnhof
Meliá Berlin
Arte Luise Kunsthotel
Hotel Augustinenhof

Grafite no que restou do muro de Berlin


Hamburgo

O segundo destino da viagem foi Hamburgo, a cosmopolita cidade ao norte da Alemanha. Eu optei por sair de Berlim no trem das 9h da manhã para chegar por volta das 13h em Hamburgo. A distância é de aproximadamente 300km e a viagem dura umas 4 horas.

Em Hamburgo eu fiquei 2 dias cheios, já que no dia da chegada eu fiz o check-in no hotel, saí para almoçar por volta das 16h, voltei para o hotel para escrever alguns posts (vida de blogueiro é assim) e depois resolvi descansar o resto do dia para aproveitar bem os dias seguintes.

Hamburgo é bem interessante, mas recomendo ficar no máximo 3 dias lá, aqui no blog tem um roteiro de 2 dias, ou 3 se você quiser esticar as coisas e fazer os passeios mais devagar.

Leia o post completo aqui

Sugestões de hotéis em Hamburgo:
Ibis Hamburg City
Prizeotel Hamburg-City
Novum Hotel Graf Moltke Hamburg
Boutique 020 Hamburg City

Hamburgo

Roteiro de trem pela Alemanha: Hamburgo


Colônia

Depois de Hamburgo eu segui para Colônia, a viagem foi longa, cheguei considerar a opção de pegar um trem noturno, por mais tentador que seja, não vale a pena! Eu já cometi esse erro pegando um trem noturno de Frankfurt até Amsterdã, leia aqui e entenda as razões.

A viagem até Colônia demorou umas 4h30, se eu tivesse mais alguns dias, teria parado em Hanover no meio do caminho. Cheguei em Colônia por volta das 11h da manhã e deu pra aproveitar bem o dia.

Recomendo ficar pelo menos 2 dias cheios em Colônia, a cidade é muito bonita, cheia de coisas legais para fazer.

Leia o post completo aqui

Sugestões de hotéis em Colônia:
Ibis Hotel Köln Am Dom
Hotel Ludwig Superior
Buchholz Downtown Hotel
CityClass Hotel Europa am Dom

O que fazer em Colônia

Roteiro de trem pela Alemanha: Colônia


Frankfurt

De Colônia até Frankfurt foi uma viagem rápida, eu peguei o ICE (trem de alta velocidade) e cheguei na cidade em menos de 1 hora.

Eu já conhecia Frankfurt, então reservei o dia da chegada e mais um dia cheio para visitar a cidade. Ela é bem pequena, e em dois dias é mais que suficiente. Se você estiver na dúvida vale deixar mais dias para Munique.

Leia o post completo aqui

Sugestões de hotéis em Frankfurt:
Hilton Garden Inn Frankfurt City Centre
Star Inn Hotel Frankfurt Centrum
Ramada Frankfurt am Main City Center & Financial District
Ibis Styles Frankfurt City

Roteiro de trem pela Alemanha: Frankfurt


Heidelberg

De Frankfurt eu segui para Heidelberg, a viagem é curta, menos de 50 minutos pelo ICE.  A cidade é linda e bem pequena. Diz a lenda local que Heidelberg de tão bonita, foi poupada dos bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial, por isso ela é tão preservada.

Eu também já a conhecia de quando eu fiz a Rota Romântica, um roteiro que eu recomendo muito (leia mais aqui). Eu cheguei em um dia e no dia seguinte já fui embora, é o suficiente.

Sugestões de hotéis em Heidelberg:
NH Heidelberg
Hotel Bayrischer Hof
Hotel Anlage Heidelberg
Hotel Villa Marstall

Heidelberg


Nuremberg

De Heidelberg até Nuremberg eu não consegui pegar o ICE, então tive que pegar o trem mais lento, o IC. A viagem demorou quase 5 horas, o dobro tem tempo normal para percorrer uma distância de pouco mais de 200 quilômetros. Esse foi o pior trecho da viagem, mas em compensação a paisagem era lindíssima.

Nuremberg é uma cidade medieval que foi praticamente toda destruída durante a Segunda Guerra Mundial. Uma boa parte das construções medievais foram reconstruídas a partir de planos originais, algo que também feito em Frankfurt.

O centro histórico ainda é rodeado pela antiga muralha com uma extensão de aproximadamente de 4 km e ali que se concentra quase tudo para se ver. A cidade ficou famosa pelos comícios e convenções do partido nazista de Adolf Hitler. Anos depois, pelos julgamento dos nazistas no pós guerra.

Sugestões de hotéis em Nuremberg:
Hotel Fackelmann
PrivatHotel Probst
Art & Business Hotel
Ringhotel Loew’s Merkur

Roteiro de trem pela Alemanha: Nuremberg


Munique

De Nuremberg eu segui para Munique, última cidade do roteiro, quer dizer, mais ou menos! Pois ainda fiz dois bate-voltas depois de Munique. Dessa vez eu consegui pegar o ICE e fiz o trecho em 1h30. Cheguei em Munique a tarde e saí para jantar e passear pela Marienplatz, a praça central de Munique e ponto mais famoso da cidade.

Roteiro de 4 dias em Munique

Roteiro de trem pela Alemanha: Munique

Eu recomendo ficar de 4 a 5 dias em Munique, pois tem dois passeios que ficam fora da cidade e exigem um deslocamento. O primeiro é até Dachau, onde fica o antigo Campo de Concentração Nazista. O outro é até Fussen, onde fica Castelo Neuschwanstein. O castelo mais bonito do mundo e que inspirou Walt Disney para criar o castelo da Cinderela

Leia o post completo e veja como chegar ao castelo

Sugestões de hotéis em Munique:
Hotel Müller
Euro Youth Hotel Munich
Hotel Wallis
Centro Hotel Mondial

Roteiro de trem pela Alemanha: Castelo Neuschwanstein

Uma dica bacana, se você tiver tempo, é fazer a Rota Romântica depois de Munique ou Fussen, subindo até Frankfurt, que geralmente é o ponto de entrada ou saída da maioria das pessoas que viajem pela Alemanha.

Leia aqui o roteiro completo da Rota Romântica

***


Chegando em Berlim pelo Aeroporto Shonefeld
Como usar o metrô de Berlim
Qual é a melhor época para visitar Berlim
Quantos dias ficar em Berlim
Onde ficar em Berlim


O que fazer em Berlim (roteiro de 3 ou 4 dias)
A Ilha dos Museus em Berlim
Como visitar o Muro de Berlim
Como é a visita ao Check Point Charlie
Roteiro do Terceiro Reich e Segunda Guerra Mundial
Roteiro em Berlim Oriental
Muro de Berlim e a East Side Gallery
Tempelhof: o aeroporto de Hitler que virou parque
Tiergarten: uma ilha verde no coração de Berlim


Escolher uma boa localização para se hospedar é um ponto essencial para garantir uma boa experiência em qualquer cidade. Quer mais dicas de hospedagem? Confira a nossa nosso post com todas as dicas.

Algumas dicas:

Como eu chegaria a Berlim e também partiria por essa estação, eu me hospedei no Meininger Hotel Berlin Hauptbahnhof, do lado da estação e pertinho do Portão de Brandemburgo e do Reichstag. O quarto não muito grande, mas era super confortável, com um bom banheiro e um excelente café da manhã.

Nessa mesma região, tem outros bons hotéis que eu conheço e recomendo. E todos são muito bem localizados:

Meliá Berlin
Arte Luise Kunsthotel
Hotel Augustinenhof

Veja mais hotéis nessa região

Outros bairros bacanas e que tem hotéis mais baratos são Prenzauler Berg (veja a lista de hotéis aqui) e Charllottenburg (veja a lista de hotéis aqui). Prenzauler Berg tem muitos bares, restaurantes e fácil acesso ao metrô, assim como Charllottenburg.

Ambos não ficam longe das áreas turísticas e tem opções mais econômicas de hospedagem.

Veja mais opções de hospedagem em Berlim










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


Compartilhe este post:
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

35 Comentários

  • Responder agosto 17, 2017

    Viviane Carneiro

    Tenho muita vontade de conhecer a Alemanha e fazer esse roteiro de trem. Amei as dicas e as fotos maravilhosas. Parabéns pelo post! Bjs

    • mm
      Responder agosto 17, 2017

      Fabricio Moura

      Obrigado, Viviane. =) A Alemanha é muito linda, já fiz a rota romântica, já fui de Frankfurt a Amsterdã, é muito bacana.

  • Responder agosto 17, 2017

    Fabiane Bastos

    Ótimo roteiro, principalmente pela dica de tempo entre viagens e o necessário para curtir as cidades. Parabéns!

    • mm
      Responder agosto 17, 2017

      Fabricio Moura

      Obrigado pela mensagem =)

  • Responder agosto 18, 2017

    Fernanda

    Viajar de trem é realmente muito bom, principalmente em um país como Alemanha, onde tudo funciona bem e no horário.
    Também sou apaixonada pelo outuno, talvez minha época do ano favorita pra viajar por conta do colorido da vegetação 🙂
    Adorei seu roteiro e as fotos (a de capa então, está linda! parabéns). Abs

    • mm
      Responder agosto 18, 2017

      Fabricio Moura

      Alemanha é talvez o melhor exemplo na Europa onde tudo funciona bem e de quebra, é lindo.

      • Responder maio 18, 2020

        Maria Helena

        Quando fui à Europa o que me deixou mais saudades foi Suíça e Alemanha; mais especificamente Munique. Meu sonho é voltar lá e passar pelo menos um mês naquele paraíso!

        • mm
          Responder maio 18, 2020

          Fabricio Moura

          Nossa, amo a Alemanha, morro de saudades sempre. Suíça eu ainda não fui, estava nos meus planos de antes da pandemia.

  • Responder agosto 18, 2017

    Itamar Japa

    Também tenho este sonho, mas ainda não consegui realizar! Adorei as dicas! Espero conseguir colocar em prática um dia! 😉

    • mm
      Responder agosto 18, 2017

      Fabricio Moura

      Bora agitar essa viagem aí =)

  • Que sonho de viagem! Alemanha e trem: casamento perfeito! Também me desloquei de trem nas 2x que vistei o país, mas só entre cidades na mesma região: a primeira na Baviera e a segunda na Renânia do Norte-Vestfália. Foi perfeito e prático! 🙂

    • mm
      Responder agosto 18, 2017

      Fabricio Moura

      E é incrível como tudo funciona muito bem né? Obrigado pela mensagem =)

  • Responder agosto 18, 2017

    Pedro Henriques

    Muito bom esse roteiro por terras germânicas. Por acaso tive o prazer de visitar algumas como Berlim, Colónia e Frankfurt. Saudades de viajar para esses lados!

    • mm
      Responder agosto 18, 2017

      Fabricio Moura

      Muita saudade mesmo, mas com tantos lugares incríveis ainda por descobrir, nem sei quando eu volto. Obrigado pela mensagem =)

  • Responder agosto 18, 2017

    Thiago

    Sou doido para fazer essa viagem! Ir visitando cada cidade linda e com tanta coisa para ver e viver! Parabéns pelo relato

    • mm
      Responder agosto 19, 2017

      Fabricio Moura

      Obrigado, Thiago =)

  • Gostei muito do roteiro! Uma ótima forma de conhecer várias das interessantes cidades alemãs! Tneho muita vontade de conhecer Nuremberg.

  • Responder agosto 20, 2017

    Isabela Bastos

    Adoro viagens de trem!! Ainda não tive o prazer de conhecera Alemanha, mas seu roteiro está incrível! Parabéns

  • Responder agosto 21, 2017

    Christian Gutierrez

    Nossa nunca tinha pensado em fazer um roteiro desses assim que legal, suas informações serão muito uteis para minha viagem.

    • mm
      Responder agosto 22, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Christian, obrigado pela mensagem.

  • Responder agosto 22, 2017

    Paula Abud

    Adorei o post, quero muito ir a Europa e o fato de poder se deslocar de trem é muito tentador, acho o máximo!
    Gostei muito de você ter colocado o tempo das viagens, isso é super útil na hora de montar um roteiro, já que nos situa no tempo certo e hábil para conhecer as cidades entre um deslocamento e outro.

    • mm
      Responder agosto 22, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Paula, que bom que curtiu! Obrigado pela mensagem.

      • Responder novembro 24, 2020

        Fernanda

        Oi Fabrício!
        Amei a página.
        Frankfurt/Amsterdam de trem em março, vc aconselha de dia ou a noite? É um trajeto bonito? Estou na dúvida e não encontrei nada a respeito!
        Obrigada! 😉

        • mm
          Responder novembro 27, 2020

          Fabricio Moura

          Oi Fernanda, tudo bem? Que bom que está gostando do conteúdo. Vai de dia, a viagem é bem bacana.

  • Responder outubro 1, 2017

    Analuiza

    Que roteiro massa!!! Melhor ainda: todo feito de trem, meio de transporte que eu adoro!

    Já estive na Alemanha 2x: a primeira na Baviera (praticamente só em Nuremberg) e a segunda na Renânia do Norte-Vestfália. Os deslocamento entre as cidades, claro, foram feitos de trem!

    Entretanto, ainda há muitas cidades para conhecer; muitas delas estão neste seu roteiro. 🙂

    • mm
      Responder outubro 4, 2017

      Fabricio Moura

      Oi Ana, tudo bem? Viajar de trem pela Alemanha não é lá muuuuuito barato, mas vale super a pena.

  • […] + Roteiro de trem pela Alemanha: de Berlim a Munique […]

  • Responder janeiro 24, 2018

    Frederico

    Olá. Preciso de uma sugestão.
    Irei para a Alemanha. Meu roteiro é frankfurt, rota romântica, munique e por fim Berlim. A minha dúvida é o trajeto de munique para Berlim. Acho muito cansativo mais de 5h de trem. Pensei em fazer um pitstop em Bamberg ou Nuremberg ou até passar a noite. Qual das duas cidades você acha mais interessante? Faço o pit ou pernoito?

    • mm
      Responder janeiro 25, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Frederico, eu ficaria em Nuremberg, é bemmmm mais interessante. E passaria pelo menos uma noite lá.

  • Responder fevereiro 27, 2018

    Priscilla

    Oi! Tudo joia? Acabei de descobrir o seu blog e fiquei encantada. Eu estava pensando em visitar a Alemanha, mas no inverno. Você acha uma boa ideia? E com relação do Inglês? Eles lidam bem com quem fala em Inglês com eles? Parabéns pelo trabalho!

    • mm
      Responder fevereiro 27, 2018

      Fabricio Moura

      Oi Priscilla, tudo bem? Obrigado pela mensagem =)

      Viajar pela Alemanha é muito tranquilo, já morei em Frankfurt. Os invernos são bem rigorosos, principalmente nos meses de janeiro e fevereiro. Mas a vida segue, ninguém deixa de visitar o país por causa disso. Eu acho que no outono tudo fica mais bonito. Sobre o idioma, os alemães não são do tipo que torcem o nariz para o inglês, como os franceses ou os russos. Mas saindo das grandes cidades, poucas pessoas falam o idioma, mas de uma forma geral, dá para se virar muito bem.

      Abraços!

  • Responder abril 20, 2020

    Mariana

    Olá!
    Parabéns pelo roteiro, fantástico!
    Se tivesse que optar entre Colônia e Hamburgo, o que sugere?
    Obrigada!
    Mariana

    • mm
      Responder abril 20, 2020

      Fabricio Moura

      Obrigado, Mariana! Sem dúvidas eu escolheria Colônia, achei uma cidade mais charmosa e mais agradável, ainda tem um ar de cidade pequena.

  • Responder maio 27, 2020

    Rodrigo Almeida

    Excelente post, minha próxima viagem, após a pandemia, será para a Alemanha com um planejamento de 5 dias, achei melhor dividir entre Berlim e Munique, mas agora fiquei com pé atrás de pegar um trem, até mesmo noturno rs, acho que vou dar uma olhada na flixbus pra não ter esse problema de acordar em cada parada rs. Valeu pelas dicas!!

    • mm
      Responder maio 28, 2020

      Fabricio Moura

      Oi Rodrigo, no fim do ano passado começou a funcionar um trem direto de Berlim a Munique. Abraços!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.