8 experiências que você precisa ter em Bangkok, Tailândia

Tuk-tuk

Bangkok é uma cidade cheia de surpresas, para nós então, é uma atrás da outra. Num primeiro momento algumas coisas chocam, mas existem algumas experiências únicas que todo mundo precisa fazer em Bangkok pelo menos uma vez. Nesse post, vou listar 8 experiências que você precisa ter em Bangkok.

Andar de Tuk-tuk

Acredite, é mais caro do que o Uber e do que o taxi, mas nada mais asiático do que uma corrida de tuk-tuk e olha, tem alguns que são verdadeiras alegorias com luzes, sons e adereços. Os caras dirigem envenenados pelas ruas da cidade, não respeitam a maioria das regras de trânsito e as pessoas mais “ajuizadas” vão recomendar que você nunca use um tuk-tuk, mas não dá para passar por Bangkok sem andar nesses veículos tão a cara da Ásia.

Tuk-tuk na Khao San Road

Tuk-tuk na Khao San Road

Massagem tailandesa

Nada melhor depois daquele dia em que você andou pela cidade inteira e suou bicas o dia todo. É aquele lugar em que você entra um lixo e sai revigorado. Em todas as esquinas de Bangkok você vai encontrar uma casa de massagens tailandesas e os preços também variam bastante, mas em geral, a meia hora custa 150 Baths, o que dá uns 15 reais. Nada mal não é mesmo? E são vários tipos diferentes de massagens, tem a facial, com óleo, corpo todo, só nos pés e pernas e tem até aquela com peixinhos que ficam comendo a pele morta dos pés.

Massagem tailandesa na calçada mesmo

Massagem tailandesa na calçada mesmo

Andar de barco

A cidade é cortada pelo Rio Chao Phraya e ele é uma grande via de transporte para quem precisa fugir do trânsito caótico da cidade e quando eu falo em trânsito caótico, não é nível Rio e São Paulo não, é algo ainda pior. Subir e descer o Rio é o que os moradores fazem para fugir desse caos e chegar a pontos mais distantes da cidade de forma rápida. Andar de barco é uma experiência local que precisa estar no seu roteiro, além de ser um sopro de ar fresco no meio do calorão da Tailândia.

De barco pelo Rio Chao Phraya

De barco pelo Rio Chao Phraya

Mercado flutuante

Outra experiência que a gente só consegue ter na Ásia é visitar os mercados flutuantes, existem muitos que viraram atrações turísticas e fazem a alegria da gringaiada, mas no meio dos canais de Bangkok existem vários mercadinhos flutuantes autênticos, onde o povo compra o peixe e tudo mais. O mais famoso da Tailândia é o Damnoen Saduak, ele fica fora de Bangkok. Chegar lá é meio complicado usando a rede de trens e ônibus da cidade, mas em todas as ruas várias pequenas agências de turismo vendem pacotes de meio dia por uma média de 400 Baths para visitar o mercado e super vale a pena.

...

Mercado Flutuante de Damnoen Saduak

Mercado do trem

O Mercado do Trem de Maeklong  é um mercado montado todos os dias nos trilhos da ferrovia tailandesa e na hora marcada, é aquela correria para retirar tudo antes do trem passar. É uma experiência que já virou marca registrada de Bangkok, ele fica perto de Damnoen Saduak onde é o mercado flutuante e geralmente é vendido no mesmo pacote pelas agências de turismo de Bangkok. (Leia mais)

Mercado do Trem de Maeklong

Mercado do Trem de Maeklong

Comida tailandesa

A comida era uma das minhas maiores preocupações antes de viajar para a Ásia, eu via imagens das comidas mais bizarras, coisas que simplesmente não dava para comer e também não queria viver de fast food. Vou te dizer, a comida original tailandesa é ótima! Os pratos com arroz, as sopas e o Pad Thai não podem ficar de fora do prato, mas atenção: é apimentado! Quase tudo e quando dizem que é “spicy” é “veeeeery spicy” ou “veeeery thai” como eles dizem.

Fried rice with chicken e uma bela Chang

Fried rice with chicken e uma bela Chang

Um templo para chamar de seu

Bangkok tem zilhões de templos budistas, uns super famosos como os templos do Grand Palace ou Wah Pho, mas uma experiência local que eu adorei ter em Bangkok foi visitar os templos que os tailandeses frequentam e nem precisa ir muito longe, do outro lado do rio, em frente ao Grand Palace fica o templo Wat Rakangkositaram Woramahavihan (eita nomezinho, heim?!) um lugar super calmo para meditar e relaxar. Nunca meditou? Taí uma boa oportunidade para começar.

Wat Rakangkositaram Woramahavihan

Wat Rakangkositaram Woramahavihan

Fazer uma tatuagem

Essa é para quem é mais hardcore, mas o roteiro completo de coisas que você precisa fazer em Bangkok inclui uma tatuagem e de preferencia na Khao San Road, mas olha, muita calma nessa hora. Por lá você encontra dezenas de pequenos estúdios fazendo tattoos por preços ridículos e o resultado, mais ainda. Eu fiz duas no estúdio Up2U Tattoo Studio, não foi barato mas estamos falando de algo que vai ficar para sempre na pele, ou pagar uma pequena fortuna para remover e olhe lá.

Tinha acabado de fazer

Tinha acabado de fazer

banner


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar