O que fazer em Ayutthaya na Tailândia (bate-volta)

O que fazer em Ayutthaya

O que fazer em Ayutthaya? Eu costumo dividir a Tailândia em duas partes: a Tailândia histórica com seus templos magníficos e a Tailândia das belas praias e ilhas. Quando a gente fala em história, nada é mais representativo do passado do país que a cidade histórica de Ayutthaya.

Ayutthaya foi capital do Reino do Sião, hoje Tailândia e Patrimônio Mundial da Humanidade da Unesco. Fica localizada a aproximadamente 80 quilômetros ao norte de Bangkok e foi fundada em 1350.

A prosperidade de Ayutthaya foi abalada quando em 1767 ela foi atacada e parcialmente destruída pelo Exército da Birmânia (hoje Mianmar), e as marcas continuam lá, com templos em ruínas e muitos Budas com a cabeça decepada.

Após os ataques, a capital do reino foi transferida para Bangkok, onde permanece até hoje.

O que fazer em Ayutthaya

A cidade tem centenas de templos, o ideal é passar pelo menos dois dias lá, mas o que a maioria das pessoas fazem é um bate-volta desde Bangkok. Nesse post, eu vou te dar dicas com o que fazer em Ayutthaya em um dia na cidade. Mas vamos começar pelo básico: como chegar lá?


Como chegar e como andar em Ayutthaya


Ayutthaya fica ao norte de Bangkok, para chegar até lá existem ônibus, vans, tours e trem. Eu acho que a maneira mais bacana e incrivelmente barata é indo de trem.

Leia o post completo

Para andar por lá também existem algumas opções. Tá tudo explicadinho no link acima, vale a leitura.


O que fazer em Ayutthaya


Eu achava que Ayutthaya era uma cidade pequena, engano meu, pois apesar de ter 65 mil habitantes, a cidade é bem espalhada e considerando que são centenas de templos, a gente precisa priorizar os mais bonitos.

Comece o seu roteiro em Ayutthaya pelo templo Wat Yai Chai Mongkol, um dos mais importantes e nada como começar com o pé direito.

Wat Yai Chai Mongkol

Wat Yai Chai Mongkol

O que fazer em Ayutthaya: Wat Yai Chai Mongkol

Ele também é um dos mais conservados da cidade, tem uma enorme estupa central de 60 metros de altura e longas e íngremes escadas até lá em cima.

Foi um do templos mais cheios, um reflexo da importância dele, que foi construído Rei U-Thong na época da fundação da cidade e lá se vão mais de 600 anos de história.

Você vai notar várias imagens de Buda cobertas por um pano dourado, que são doados pelos tailandeses como símbolo de devoção.

O templo tem também uma enorme área aberta, super bonita e com templos mais novos que são usados pelos habitantes de Ayutthaya para suas preces diárias.

O que fazer em Ayutthaya

Depois nós seguimos para o Wat Chai Watthanaram, um dos templos mais bonitos e grandiosos de Ayutthaya. Ele foi construído em 1650 e era usado para cerimônias reais.

Uma coisa que a gente nota é que todas as belas estátuas de Buda foram decapitadas durante o ataque de Ayutthaya pelo exército birmanês.

O templo fica ao lado do Rio Chao Phraya, o mesmo que segue até Bangkok e tem um caminho lindo até a beira do rio. Lá, gente pode pegar um barco para fazer um passeio tranquilo pelas águas, ou simplesmente para molhar os pés e se refrescar um pouco.

Wat Chai Watthanaram

Wat Chai Watthanaram

O que fazer em Ayutthaya

O templo seguinte foi o Wat Phra Ram, a arquitetura lembra bastante os principais templos de Ayutthaya, está super conservado – inclusive foi restaurado há alguns anos – e estava super vazio.

O templo não é dos maiores, tem várias árvores que são ótimas para o calorão que faz por lá.

A parada seguinte foi no Wat Lokkayasutharam, mais conhecido como o Templo do Buda deitado de Ayutthaya.

O Buda – um dos mais fotografados da cidade – tem 37 metros de comprimento e 8 de altura. Mas notei que ele está bem degradado, falta restauro e manutenção. O fato dele estar ao ar livre não ajuda, mas mesmo assim é uma visita obrigatória para quem vai a Ayutthaya.

O que fazer em Ayutthaya

Por fim, paramos no templo mais visitado, o Wat Mahathat. Mas o que faz desse templo o mais visitado é uma pequena cabeça de buda de uns 40 centímetros.

A cabeça de buda envolvida pelas raízes de uma árvore é uma das imagens mais famosas da Tailândia e certamente a mais fotografada. Uma corda isola a multidão – alguns decepcionados com o diminuto tamanho – mas ainda assim, uma imagem muito bacana e representativa.

O templo em si é muito bonito e eu passei um bom tempo explorando todas as ruínas, tudo muito bem limpo e conservado. Como a maioria das pessoas ficam em volta da cabeça famosa, o restante do complexo fica bem vazio e bom para fazer fotos sem uma multidão de turistas chineses aparecendo na sua foto.

Wat Mahathat

O que fazer em Ayutthaya

Esses foram os templos que eu visitei em Ayutthaya, existem outros templos lindos, mas nesse roteiro eu fiz questão de fazer os mais importantes e significativos sem pressa.

Os templos Wat Mahathat e o Wat Chai Watthanaram são os que merecem uma dedicação maior, pois são realmente lindos.

A maioria dos templos tem que pagar entrada, que custa de 30 a 50 Bahts (3 a 5 reais), é bem baratinho mesmo.


Procurando hospedagem em Bangkok?


Olha a nossa lista de sugestões no Booking.com. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso. Clique aqui


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

3 Comentários

  • Responder julho 23, 2017

    angela sant anna

    tai um dos lugares que passei reto na Tailandia e me arrependo até hoje…na verdade uma desculpa para voltar né ahueaheu e eu não sabia que era assim tão grande, gostei que deu a dica por onde começar!

    • mm
      Responder julho 24, 2017

      Fabricio Moura

      Eu fui no ano passado rapidão, ficou a desejar, voltei esse ano e amei =)

  • […] A noite faça uma visita ao Asiatique Riverfront, um shopping gigante ao ar livre com várias opções de lojas e restaurantes. Você chega lá com um barco especial grátis no Pier Sathon ou pela rua (tuk tuks). 04 – Visite shoppings locais para comprar lembrancinhas ou outros cacarecos. São meio escondidos, mas de fácil acesso pela estação BTS Chidlom, todos abrem das 10h às 21h. Ou visite Ayutthaya, veja as dicas no blog Vou na Janela […]

Deixe uma resposta