Ásia dia 14: Dia de não fazer absolutamente nada, ou não?

No meio de uma longa viagem longa como essa, a gente realmente precisa tirar uns dias para descansar, se não o corpo simplesmente não aguenta tantos passeios, tanta função em um curto período de tempo.

Depois do susto no avião da Air Asia, eu ainda não estava legal e precisava de um dia pra mim. Eu estava me sentindo cansado, sem aquela disposição para fazer o dia durar 48 horas. Sabe aquele dia sem fazer nada mas que na verdade vocês ainda faz um monte? É disso que eu to falando.

Eu estava conversando com a Amanda, uma americana que eu conheci aqui e ela me disse  “não entendo porque as pessoas simplesmente não aproveitam a estrutura maravilhosa do hotel, férias também é isso”.

E ela está certa, tudo bem que eu não estou de férias, isso aqui também é trabalho, mas hoje foi o dia de puxar um pouco o freio de mão e relaxar. Aproveitar a vista incrível que eu tenho do meu quarto, nadar na piscina vazia ou atravessar o gramado e pular no mar quentinho da Tailândia.

Escrever alguns textos pro site, editar algumas fotos, alguns vídeos, tocar alguns freelas bem devagar e ter um dia sussa.

Quando eu vou fazer isso novamente?

 

Leia mais:
Todos os posts do mochilão pela Ásia


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar