Ásia dia 6: Mianmar, mulheres Kayoan, tigres e templos

Mianmar

Hoje certamente foi mais um dia que parece que teve 48 horas. Eu cheguei ontem a Chiang Mai, no norte da Tailândia e hoje cedinho a guia que eu contratei ainda no Brasil passou no hotel para me buscar para irmos visitar a aldeia das mulheres Kayoan, conhecidas mundialmente pelo longo pescoço adornado com anéis metálicos.

De Chiang Mai até aldeia próxima da fronteira com Mianmar são 80 quilômetros, jogo rápido e em menos de 1 hora já estávamos lá. Mianmar ainda é um dos países mais fechados do mundo, já foi colônia britânica quando se chamava Birmânia (Burma em inglês) e até hoje os Tailandeses se referem ao país dessa forma.

A primeira imagem que eu tive

A primeira imagem que eu tive

A aldeia das mulheres Kayoan ou Padong ficam bem na fronteira entre os dois países e na mesma região, são várias pequenas aldeias de diferentes etnias do norte da Tailândia, Laos e de Mianmar.

O meio de vida delas é bem simples, tudo que elas consomem é produzido ali pelos homens, as mulheres passam o dia se arrumando e tecendo belíssimos tecidos nos teares. Uma atividade de centenas de anos mas que com a abertura do país, elas começaram a enxergar um ganho a mais com o turismo. Reza a lenda que elas são prisioneiras nas vilas, vou escrever sobre isso em breve.

Desde bem cedo

Desde bem cedo

Eu me lembro quando era mais novo e vi um Globo Repórter sobre as “mulheres girafa”, como a Globo chamou na época e fiquei fascinado. Nunca imaginei que um dia chegaria aqui. Foi bem especial.

Sim, me emocionei

Sim, me emocionei

Na volta a guia me convidou a conhecer o Tiger Kingdom, um zoológico onde os visitantes podem interagir com tigres. Bom, eu sou contra zoológicos, acho que bicho nasceu pra viver solto e tem uma fama de que esses lugares dopam os animais. O assunto é polêmico e eu vou tratar melhor disso em um post mais detalhado.

O fato é que ver um animal desses de perto é surreal, eu fiquei morrendo por dentro. De tanta dó e também encantado com a beleza do animal. Triste ou não, dopados ou não, existem hoje na Tailândia apenas 150 animais desses no ambiente natural e são caçados diariamente.

Já de volta a Chiang Mai resolvi dar um passeio pela parte antiga e conhecer alguns dos 300 templos da cidade. Sim, você leu certo. Se só aqui são 300, imagina na Tailândia inteira?

Só em uma rua, eu visitei 3 templos e dos grandes. Começando pelo Wat Saen Muang, logo na frente um templo dos mais antigos, todo em madeira, o Wat Phan Tao. Ali eu entrei e passei um tempo lá dentro, diante daquele enorme buda dourado e apreciando a paz do lugar. Não é um templo visitado por turistas, por isso é tão tranquilo.

Wat Saen Muang

Wat Saen Muang

Colado nele fica o maior de todos, o Wat Chedi Luang Worawihan. O lugar era originalmente composto por três templos: Wat Chedi Luang, Wat Ho Tham e Wat Sukmin. O Chedi Luang original é esse em ruínas a foto de baixo e data de 1400.

Mais velho que o descobrimento do Brasil

Mais velho que o descobrimento do Brasil

O lugar tem um pequeno templo só para os homens e na hora em que eu estava visitando aconteceu uma situação bem embaraçosa. Um rapaz de cabelos compridos ia entrando e de longe um segurança começou e gritar pensando que ele era uma mulher. Oooops…

Só para os homens

Só para os homens

Já o templo principal é um dos mais bonitos que eu vi nessa viagem pela Tailândia. Suntuoso, dourado e absolutamente lindo. Olha essas fotos abaixo.

Pura riqueza

Pura riqueza

Fechei o dia jantando em um restaurante ao lado do Night Market, o Jai Yen Yen, olha o prato abaixo. Arroz com legumes e frango ao curry. Ah, e o preço? 90 Baths (9 reais) e o restaurante, assim como muitos lugares aqui na Tailândia, deixa água de cortesia nas mesas.

Bom, bonito e barato

Bom, bonito e barato

Leia mais:
Todos os posts do mochilão pela Ásia


Onde se hospedar em Chiang Mai


Procurando hospedagem em Chiang Mai? Aqui no blog tem um post explicando as melhores áreas da cidade para se hospedar (clique aqui para ler). Se você preferir explorar outras áreas de Chiang Mai, dá uma olhada no link e na seleção no box abaixo. Reservando um hotel pelo Booking, você ajuda o blog e não paga nada a mais por isso.

Lista com todos os hotéis de Chiang Mai



Booking.com


Compre aqui seus passeios em Chiang Mai



Planejando a sua viagem


Qual a melhor época para visitar a Tailândia
Onde se hospedar em Bangkok
Perigos e golpes na Tailândia
Qual internet usar em toda Tailândia
Chegando na Tailândia: Imigração, vacinas e visto
8 dicas para você sobreviver ao calor da Ásia

Mais posts sobre Chiang Mai

O que fazer em Chiang Mai
Qual é a melhor época para visitar a Tailândia
Visita a aldeia das mulheres girafa
Doi Suthep, o templo da montanha de Chiang Mai
Tiger Temple
Onde se hospedar em Chiang Mai


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

2 Comentários

  • Responder abril 19, 2016

    Danielle Coutinho

    Te admiro, vou ler tudo que vc postar, se um dia eu fugir te encontro pelo mundo bjss.

  • Responder abril 20, 2016

    Eder

    Massa demais mano! Quem não lembra das mulheres girafa! Deve ter sido muito emocionante! Viagem bacana !

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.