Ásia dia 13: Krabi, Railay Beach e muita breja no paraíso

Depois do susto de ontem, não poderia ser tão simples assim chegar no paraíso, foi dia de começar a explorar as tão famosas praias da Tailândia. Na verdade eu nem precisei ir tão longe assim para atestar com meus próprios pés que a água do mar da Andaman é realmente quente, abri a portar do meu quarto e caminhei uns 10 metros até a praia.

Mas o que o dia reservava mesmo era a famosa Railay Beach, um dos mais famosos cartões postais desse canto do mundo. Chegar até lá só de barco, a praia fica numa península cercada por rochedos sem acesso por terra.

Em Krabi existem alguns piers de onde partem esses barquinhos tradicionais para Railay Beach, o hotel onde eu estou hospedado fica em Ao Nam Mao, o ponto mais próximo para chegar até lá. Do meu hotel até o pier são uns 400 metros de distância e posso ir andando pela estrada ou pela praia. Mais perfeito do que isso é impossível.

Eu saí do hotel por volta de 9h da manhã, chegando no pier eu paguei 100 Baths (10 reais) pela travessia que dura uns 10 minutos. Os barcos chegam na parte leste da península, a Railay Beach famosona fica no lado oeste.

Railay

Chegando na praia a gente percebe a razão dela ser tão famosa. É um lugar realmente privilegiado e estar aqui é o maior privilégio de todos.

A praia não é muito grande, também não é muito cheia, eu diria que é um lugar perfeito para começar esse giro pelo sul da Tailândia. Como eu cheguei cedo, ela estava ainda mais vazia do que por volta do meio dia.

Railay Beach na Tailândia

Railay

Se você um dia for visitar Railay, venha pela manhã. Não só por ser mais tranquilo, mas porque em razão da posição do sol, a paisagem fica ainda mais bonita. E gente, a água é dessa cor aí mesmo e é bem quente. Acho que uns 30 graus de temperatura ou mais.

Lá tem de tudo, ótimos restaurantes, mercadinhos, caixa eletrônico e pequenas agências que vendem passeios de barco pelas ilhas ao redor, alugam caiaques ou equipamentos de mergulho e escalagem, esse é um dos esportes mais procurados na Railay Beach.

Railay

Eu achei os preços nos restaurantes mais bonitinhos da Railay caros demais para o padrão de preços da Tailândia. Um prato de arroz com peixe sem bebida custava 800 Baths. No restaurante do hotel eu comi o mesmo prato por 125 Baths. Surreal, mas é o preço que se paga por estar em um lugar isolado.

O retorno é pelo mesmo pier, mas tem que ficar atento, um barqueiro queria me cobrar 500 Baths (50 reais) pelo retorno, pois segundo ele “o barco teria que voltar só comigo pois não tinham mais passageiros”. Eu fui até o barco ao lado e paguei os mesmos 100 Baths da vinda.

Travessia

Eu fiquei umas 4 horas lá na praia, voltei para o hotel e fui almoçar. Conheci um casal de Los Angeles, Amanda e Corby que estão numa espécie de segunda lua de mel. Sabe aquele tipo de gente boa praça que divide o copo e já te chamam de “filho”? Pois é, foi paixão a primeira vista pelos dois e quando eu vi, já estávamos bebendo umas 7 horas e falando de política, viagens, showbiz e das bizarrices que todos nós já vimos aqui na Ásia. Ah, e tem o Tahuan, garçom gente fina do restaurante que dava breja free pra gente e ainda escreveu nossos nomes em tailandês.

Dia perfeito, tarde perfeita e noite mais ainda.  O que eu posso dizer desse comecinho de trip pelo sul da Tailândia?

Leia mais:
Todos os posts do mochilão pela Ásia


Reserve seus passeios



Quando ir e quanto custa:
Qual é a melhor época para visitar a Tailândia
Quanto custa viajar para a Tailândia?
Custo de vida na Tailândia
Que moeda levar para a Tailândia

Imigração e serviços:
Chegando em Bangkok por Suvarnabhumi e Dom Mueang
As companhias aéreas low-cost da Tailândia
Como funciona o Grab, o Uber da Ásia
Chip de internet na Tailândia

Leia mais::
Perigos e golpes na Tailândia
15 coisas que você precisa saber antes de visitar
Songkran, o ano novo tailandês

Para organizar a sua viagem:
O que fazer em Bangkok
Onde ficar em Bangkok
Como usar o metrô de Bangkok

Roteiros em Bangkok:
O que fazer em Bangkok
O melhor roteiro de barco em Bangkok
8 experiências em Bangkok
O que fazer em Ayutthaya (bate volta)

Atrações de Bangkok:
Grand Palace e Wat Phra Kaew
Wat Arun: o templo do amanhecer
Wat Pho: o templo do Buda deitado
Passeios de barco em Bangkok
O melhor roteiro de barco em Bangkok
Chinatown e o templo do Buda de Ouro
Templo de Mármore em Bangkok
Templo Golden Mount
Mercado Flutuante
Mercado do trem
Khao San Road
Suan Pakkad Palace
Chatuchack Weekend Market
Asiatique
Iconsian
Jim Thompson House
Caminhe sobre Bangkok em uma passarela de vidro


Como chegar em Ayutthaya
O que fazer em Ayutthaya (bate volta)


O que fazer em Chiang Mai
Onde ficar em Chiang Mai
Aldeia das “mulheres girafa”
Tiger Kingdom
Templo Doi Suthep
Festival das Laternas de Chiang Mai
Uma experiência com os monges de Chiang Mai


Sukhothai, o berço da civilização tailandesa


Krabi & Railay Beach
Railay Beach, como chegar e o que fazer
Roteiro pelas ilhas saindo de Krabi
A ilha dos morcegos gigantes
Tour das 7 ilhas

Phi Phi Island
O que fazer em Phi Phi Islands
Como chegar em Phi Phi
Onde ficar em Phi Phi
Maya Bay
Mergulho em Phi Phi

Phuket
O que fazer em Phuket
Patong Beach em Phuket

Koh Lipe
O que fazer em Koh Lipe
Como chegar em Koh Lipe
Onde ficar

Koh Samui
Dicas de Koh Samui, como chegar e o que fazer
Três ilhas unidas por uma praia em Koh Ningyuan










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

4 Comentários

  • Responder outubro 6, 2017

    FERNANDA

    bom dia Fabricio
    onde você ficou hospedado em Railay? Estou tendo um pouco de dificuldades com os hoteis por lá. ..

  • Responder maio 21, 2019

    Fernanda

    Oi Fabricio, boa noite! Tenho tempo para visitar apenas uma ilha da Tailandia… qual você recomendaria?

    Obrigada

    • mm
      Responder maio 22, 2019

      Fabricio Moura

      Vai pra Koh Lipe, é lindo demais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.