Ásia dia 13: Krabi, Railay Beach e muita breja no paraíso

Depois do susto de ontem, não poderia ser tão simples assim chegar no paraíso, foi dia de começar a explorar as tão famosas praias da Tailândia. Na verdade eu nem precisei ir tão longe assim para atestar com meus próprios pés que a água do mar da Andaman é realmente quente, abri a portar do meu quarto e caminhei uns 10 metros até a praia.

Mas o que o dia reservava mesmo era a famosa Railay Beach, um dos mais famosos cartões postais desse canto do mundo. Chegar até lá só de barco, a praia fica numa península cercada por rochedos sem acesso por terra.

Em Krabi existem alguns piers de onde partem esses barquinhos tradicionais para Railay Beach, o hotel onde eu estou hospedado fica em Ao Nam Mao, o ponto mais próximo para chegar até lá. Do meu hotel até o pier são uns 400 metros de distância e posso ir andando pela estrada ou pela praia. Mais perfeito do que isso é impossível.

Eu saí do hotel por volta de 9h da manhã, chegando no pier eu paguei 100 Baths (10 reais) pela travessia que dura uns 10 minutos. Os barcos chegam na parte leste da península, a Railay Beach famosona fica no lado oeste.

Inacreditável de tão bonito

Inacreditável de tão bonito

Chegando na praia a gente percebe a razão dela ser tão famosa. É um lugar realmente privilegiado e estar aqui é o maior privilégio de todos.

Calma e perfeita

Calma e perfeita

A praia não é muito grande, também não é muito cheia, eu diria que é um lugar perfeito para começar esse giro pelo sul da Tailândia. Como eu cheguei cedo, ela estava ainda mais vazia do que por volta do meio dia.

Se você um dia for visitar Railay, venha pela manhã. Não só por ser mais tranquilo, mas porque em razão da posição do sol, a paisagem fica ainda mais bonita. E gente, a água é dessa cor aí mesmo e é bem quente. Acho que uns 30 graus de temperatura ou mais.

É tão bonito que a gente fica com cara de bobo olhando

É tão bonito que a gente fica com cara de bobo olhando

Lá tem de tudo, ótimos restaurantes, mercadinhos, caixa eletrônico e pequenas agências que vendem passeios de barco pelas ilhas ao redor, alugam caiaques ou equipamentos de mergulho e escalagem, esse é um dos esportes mais procurados na Railay Beach.

Eu achei os preços nos restaurantes mais bonitinhos da Railay caros demais para o padrão de preços da Tailândia. Um prato de arroz com peixe sem bebida custava 800 Baths. No restaurante do hotel eu comi o mesmo prato por 125 Baths. Surreal, mas é o preço que se paga por estar em um lugar isolado.

Barquinhos que fazem a travessia

Barquinhos que fazem a travessia

O retorno é pelo mesmo pier, mas tem que ficar atento, um barqueiro queria me cobrar 500 Baths (50 reais) pelo retorno, pois segundo ele “o barco teria que voltar só comigo pois não tinham mais passageiros”. Eu fui até o barco ao lado e paguei os mesmos 100 Baths da vinda.

Eu fiquei umas 4 horas lá na praia, voltei para o hotel e fui almoçar. Conheci um casal de Los Angeles, Amanda e Corby que estão numa espécie de segunda lua de mel. Sabe aquele tipo de gente boa praça que divide o copo e já te chamam de “filho”? Pois é, foi paixão a primeira vista pelos dois e quando eu vi, já estávamos bebendo umas 7 horas e falando de política, viagens, showbiz e das bizarrices que todos nós já vimos aqui na Ásia. Ah, e tem o Tahuan, garçom gente fina do restaurante que dava breja free pra gente e ainda escreveu nossos nomes em tailandês.

Dia perfeito, tarde perfeita e noite mais ainda.  O que eu posso dizer desse comecinho de trip pelo sul da Tailândia?

 

Leia mais:
Todos os posts do mochilão pela Ásia


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

2 Comentários

  • Responder outubro 6, 2017

    FERNANDA

    bom dia Fabricio
    onde você ficou hospedado em Railay? Estou tendo um pouco de dificuldades com os hoteis por lá. ..

Deixe uma resposta