Dicas de Koh Lipe: como chegar, onde ficar e o que fazer

Dicas de Koh Lipe

Há quem diga que Koh Lipe é a ilha mais bonita da Tailândia. Outros dirão que a ilha mais bonita é Phi Phi, ou Samui. Acho que quando falamos nas famosas ilhas e praias tailandesas não existe um consenso. A batalha aqui é pesada, afinal, são praias de areias brancas e mar azul turquesa por todos os lados.

Quem está planejando uma visita a Tailândia pode ficar perdido sem saber qual ilha ou quais ilhas visitar. Eu te entendo amigo, não é nada simples escolher um cantinho paradisíaco em meio a tantos.

Mas se você chegou até esse post, é porque está pensando em visitar Koh Lipe. E se você já tomou a sua decisão, vou te ajudar com todas as dicas de Koh Lipe que você precisará para conhecer essa pequena estrela na imensa constelação de ilhas tailandesas.

Onde ficar em Koh Lipe

Dicas de Koh Lipe


Dicas de Koh Lipe


Onde fica

Koh Lipe fica no extremo sul da Tailândia, no Estreito de Malaca no Mar de Andamão. É pertinho de Langkawi na Malásia, são apenas 40 quilômetros do país vizinho e 60 quilômetros da costa tailandesa. Lipe é a última ilha tailandesa habitada, porém, mesmo com essa sensação de isolamento, a ilha oferece comodidades como em qualquer outra ilha do país.


Como chegar

Não existe aeroporto em Koh Lipe, a única maneira de chegar é de barco e na verdade não existem nem píer ou porto, o desembarque é feito direto na areia ou em plataformas flutuantes.

Chegar lá vai depender muito do seu ponto de partida, mas pode envolver trechos aéreos, terra e mar. Eu escrevi um post explicando como chegar em Koh Lipe de diversas maneiras e como eu fiz, uma ótima dica para evitar dores de cabeça. Recomendo ler este post aqui.

O desembarque é direto na areia, por essas plataformas flutuantes


Quando ir

A melhor época para visitar Koh Lipe é na alta temporada (novembro a maio), pois na baixa temporada (junho a outubro) a oferta de barcos entre as ilhas diminui muito. Além de ser o período das monções e essa região da Tailândia recebe volumes imensos de chuvas. Recomendo ler o meu post sobre a melhor época para visitar a Tailândia.


Seguro viagem

O seguro viagem não é obrigatório para entrar na Tailândia, mas independente disso, é recomendável que você tenha o seguro para visitar a Ásia. É muito comum os visitantes terem problemas de saúde por conta do calor, da comida que é muito diferente e outras coisas. E Koh Lipe tem postos de saúde e primeiros socorros na Walking Street. Faça seu seguro viagem aqui com desconto.


Onde ficar em Koh Lipe

A ilha tem uma enorme oferta de acomodações, para todos os gostos e orçamentos. Acho que por conta do isolamento e da distância das grandes cidades faz com que Koh Lipe seja um pouco mais cara que as outras ilhas. Mas não chega a ser proibitivo, não precisa se assustar.

Confira aqui o post completo com dicas de hospedagem em Koh Lipe

O bangalô onde eu fiquei no Chareena Hill Beach Resort


O que fazer em Koh Lipe

Koh Lipe se resume unicamente a uma atração: praias! É por isso que todo mundo vai pra lá e a ilha surpreende a gente com praias de areia branca e mar com tons do azul turquesa ao azul marinho.

Koh Lipe tem basicamente três praias: Pattaya, Sunrise e Sunset. A Pattaya Beach é onde chegam a maioria dos barcos e provavelmente onde você vai chegar. Pattaya é a praia mais movimentada, ali fica a Walking Street, a rua de pedestres onde todo mundo se encontra a noite. Onde ficam a maioria dos bares, restaurantes e tem uma boa oferta de comércio.

Dicas de Koh Lipe: Walking Street

A Sunrise é onde estão ótimos hotéis, resorts e beach clubs. A praia é mais tranquila e não tem comércio, vale dizer que a noite é meio deserto. Todo mundo dizia que essa era a praia mais bonita, mas eu me decepcionei. Achei a faixa de areia muito curta, o mar mais batido e eram tantos barcos ancorados que mal dava para ver o mar em alguns pontos. Eu mostrei isso nos stories do Vou na Janela no Instagram, você pode conferir lá, está tudo arquivado.

Sunrise sem tantos barcos e com o mar mais calmo

A Sunset é a praia com menos estrutura e a mais isolada, como o nome diz, é bacana para ver o pôr do sol. É para onde todo mundo vai no fim do dia, mas o pôr do sol na Pattaya também é lindão, olha a foto mais abaixo.

A ilha é cercada de recifes de coral, a prática de mergulho é muito comum. Mas se você não curte ou não se sente confortável em mergulhar com cilindro, dá para admirar os recifes com snorkel também, especialmente no período da tarde quando a maré está mais baixa.

Dicas de Koh Lipe: Prainha entre a Sunrise e a Sunset

Pattaya tem o mar mais calmo, é bacana pegar um caiaque para dar uma volta ou fazer um stand up paddle. Só ter cuidado com o vai e vem de long tails, aqueles barcos tradicionais tailandeses.

Dicas de Koh Lipe: Pattaya

No fim da Pattaya essa passarela revela mais um cantinho bonito de Koh Lipe

Quando a maré baixa, a paisagem muda

Dicas de Koh Lipe: Pôr do sol na Pattaya Beach


Quantos dias ficar

Eu fiquei 3 dias cheios e foi na medida, se você tem menos tempo, em 2 dias dá para curtir bastante a ilha. Koh Lipe é tão pequena que dá para ver tudo em um dia, você pode visitar a Pattaya pela manhã, a Sunrise a tarde e curtir o pôr do sol na Sunset.


Como se locomover

Dá para fazer tudo a pé, mas se você quiser, existem mototáxis que fazem os trajetos entre as praias.

Se você estiver preocupado em como chegar ao seu hotel, a maioria dos hotéis e resorts possuem funcionários que esperam pelos hóspedes que desembarcam na praia. Certifique-se de que o seu hotel tenha esse serviço, vale a pena especialmente se você estiver com malas ou mochilas pesadas. E a maioria não cobra nada a mais por isso.


Mais dicas de Koh Lipe

  • Internet: existe internet na ilha, a maioria dos hotéis tem wi-fi e as principais operadoras de telefonia tailandesas funcionam lá. Eu estava usando um chip da AIS e a velocidade era muito boa. A conexão é tão boa que até mesmo no trajeto de barco do continente até lá eu tinha sinal o tempo inteiro. Leia aqui as minhas dicas de internet na Tailândia.
  • Dinheiro e cartão de crédito: Existe uma casa de câmbio na Walking Street e a cotação é péssima, recomendo já levar dinheiro trocado. No 7Eleven da Walking Street tem caixa eletrônico, são os únicos da ilha e valeu mais a pena sacar lá do que trocar dinheiro na casa de câmbio, mesmo o banco cobrando uma tarifa de 220 bahts por saque. Cartões são aceitos em poucos lugares, a maioria dos restaurantes só aceitam pagamento em dinheiro.
  • Consumo e gastos: os preços não são tão baratos como em outros lugares da Tailândia, mas dá para se virar gastando pouco. Uma refeição em um dos restaurantes na praia vai custar de 150 a 500 bahts em média. Uma Heineken long neck custa de 80 a 100 baths na praia. No 7Eleven da Walking Street a garrafa custa 65 bahts, vale a pena comprar lá e levar para a praia.
  • Na praia: não existem bares que alugam cadeira ou guarda sol, geralmente os hotéis que ficam diretamente na praia oferecem essa comodidade para os hóspedes. Se você for passar o dia andando entre as praias, é bacana levar uma canga, água e talvez até alguma coisa para beliscar. Leve também um bom repelente, pois no fim do dia os mosquitos fazem a festa.

Onde ficar em Koh Lipe


Aqui no blog tem um post com várias dicas de onde se hospedar em Koh Lipe para todos os orçamentos e com muito conforto. Leia aqui o post.

Ou confira as sugestões do Booking abaixo:



Booking.com


Planejando a sua viagem para a Tailândia


Qual é a melhor época para visitar a Tailândia
Onde se hospedar em Bangkok
Perigos e golpes na Tailândia
Quanto custam as coisas na Tailândia?
15 coisas que você precisa saber antes de visitar Bangkok
Que moeda levar para a Tailândia
Chegando em Bangkok por Suvarnabhumi e Dom Mueang
Como usar o metrô de Bangkok


Resolva aqui a sua viagem


Reserve a sua hospedagem pelo Booking.com

Faça aqui o seu seguro viagem internacional

Compre aqui os ingressos para os seus passeios

Consultoria de viagens e roteiros personalizados

Ebooks e guias para download


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.