Tiger Kingdom em Chiang Mai: tigres drogados ou não?

Tiger Kingdom

Visitar o Tiger Kingdom em Chiang Mai não estava nos meus planos, eu estava voltando da aldeia das mulheres Kayoan de Mianmar quando a guia perguntou se eu queria visitar lugar. Eu confesso que tinha curiosidade de ver com meus próprios olhos se o Tiger Kingdom fazia jus com a fama negativa.

Sobre lugares assim, a gente ouve as piores coisas, que drogam e exploram os animais e falando nisso, poucos dias depois um elefante morreu de exaustão no Camboja justamente quando eu estava lá. A exploração de animais selvagens é muito comum não só na Ásia, mas no mundo todo ou você acha que o Seaworld em Orlando é um santuário de proteção animal?

O ponto é que existem lugares e lugares, eu não visitei o Tiger Temple de Bangkok, mas não é difícil achar fotos e vídeos na internet que mostram os animais sonolentos e praticamente desmaiados enquanto turistas montam nos bichos e protagonizam as maiores bizarrices.

Tiger Kingdom

Tiger Kingdom

O Tiger Kingdom em Chiang Mai diz que “os animais não são drogados, mas criados por humanos para conviverem com humanos”. Não vou dizer se eles drogam ou não, pois não tenho condições afirmar isso, relato aqui o que eu vi.

Diferente de outros lugares como esse, em Chiang Mai os animais são bem ativos, alguns estão dormindo, outros andando pelo lugar ou brincando entre si e eles não tem sinais de maus tratos. O pessoal de lá diz que são animais de hábitos noturnos e que dormem muito durante o dia, como são bem alimentados, não precisam caçar.

Números oficiais apontam que existem hoje apenas 150 tigres vivendo soltos na Tailândia.

Tigres são animais selvagens, eu não sei se eles podem ser domesticados a ponto de agirem dessa forma dócil, ou se realmente rola um sedativo.

Tiger Kingdom

Tiger Kingdom

Se por um lado é triste ver um animal como esse confinado em uma jaula, por maior que seja, não é seu ambiente natural. Mas por outro lado, a caça na Tailândia é um mercado valioso. Números do órgão de proteção animal tailandês diz que existem hoje apenas 150 tigres vivendo soltos na natureza e por mais que seja errado manter esses animais em lugares como o Tiger Kingdom, é uma forma de preservar a existência da espécie.


Como é a visita ao Tiger Kingdom?


O Tiger Kingdom fica fora de Chiang Mai, eu não paguei pela visita, foi convite. Mas você paga pelo porte do animal que quer visitar e são tigres pequenos, médios e grandes. Eles também oferecem o fotógrafo para documentar a visita.

Escolhendo o seu animal, você é levado até a jaula correspondente para ser fotografado com o tigre que escolheu e é só isso.

Minha opinião
Honestamente? Por mais bonitos e impressionantes que sejam esses animais, não seja esse tipo de turista? Não pague para ver animais confinados, para cavalgar em elefantes, para tirar fotos com macacos e outros animais que não deveriam estar em posse de humanos.

Na hora eu fiquei com cara de bobo, é um bicho muito bonito, mas é errado manter esses animais em lugares assim. Se é para preservar a espécie, que seja em um lugar adequado e sem fins comerciais. Ou que tenham um programa efetivo de combate a caça predatória.


Sigam o Vou na Janela no Facebook e no Instagram


 

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestPrint this page
mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em São Paulo, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

Seja o primeiro a comentar