O que fazer em Chiang Mai no norte da Tailândia

Doi Suthep O que fazer em Chiang Mai

A cidade de Chiang Mai fica localizada no norte da Tailândia, perto da fronteira com Mianmar e o Laos, é um dos lugares mais visitados do país, muito procurado pelos seus templos magníficos e alguns passeios polêmicos. Nesse post de dicas com o que fazer em Chiang Mai, vou te dar dicas que você pode fazer em 3 dias pela cidade.


O que fazer em Chiang Mai


Chiang Mai é uma cidade relativamente pequena e que nos últimos anos começou a crescer assustadoramente, chegando a inaugurar 6 shoppings em cinco anos. Mas apesar do turbilhão de pessoas que foram pra lá, a cidade ainda conserva a atmosfera de cidade pequena.

Eu acho que o ideal em Chiang Mai são 3 dias, mas dá para visitar a cidade também em 2 dias para quem tiver um tempo mais curto no roteiro.

Um dos passeios que eu queria fazer muito em Chiang Mai foi visitar a aldeia das Mulheres-Girafa de Mianmar. As mulheres da tripa Kayan vivem em uma aldeia na fronteira entre a Tailândia e Mianmar, chegar até lá só com guia ou contratando um tour em alguma agência local.

Uma imagem insólita

Uma imagem insólita

Vale muito a pena visitar a aldeia, uma experiência que você só conseguirá ter nesse cantinho do mundo.

Para esse passeio você deve reservar uma manhã inteira. Mais informações no post completo: Uma visita a aldeia das Mulheres-Girafa de Mianmar

Na volta da visita a aldeia, você pode querer visitar o Tiger Temple de Chiang Mai. Eu visitei o lugar a convite, sou totalmente contra esse tipo de turismo de exploração animal. Não é um passeio legal, é caro e ajuda a alimentar esse tipo de atração que são bem comuns na Tailândia. Não faça isso!

Se quiser ir, tem informações nesse post: Tiger Temple de Chiang Mai: tigres drogados ou não.

tigre2

Tiger Temple

Pertinho dali também fica a Patara Elephant Farm, uma reserva onde vivem dezenas de elefantes e você pode ir até lá interagir e passear montado em um deles. Novamente é o tipo de turismo de exploração (desculpa se estou sendo chato), mas o Patara não chega a ser tão cruel com os animais como no Camboja.

Eles vivem em uma grande reserva de mata, com rios, lagos e parece que são bem cuidados. Mais informações aqui: pataraelephantfarm.com

Patara Elephant Farm

O que fazer em Chiang Mai: Patara Elephant Farm

A região da Tailândia do centro do país (onde fica Bangkok) até o norte é muito rica de templos, esse é o carro chefe do turismo na região. E visitar Chiang Mai é entrar em contato com templos milenares, bem mais antigos que os templos de Bangkok.

A cidade tem mais de 700 anos desde a sua criação e foi construída em torno da cidade murada e seus templos centenários. Reserve um dia para explorar as ruas e templos dentro da cidade murada.

E são muitos, Chiang Mai tem mais de 300 templos e claramente não dá para visitar todos eles. Mas vale conhecer o Wat Chiang Man, Wat Duag Dee e um dos meus favoritos, o Wat Chedi Luang.

Templo de Chiang Mai

Ele também é muito visitado, tem um templo mais novo que foi construído na entrada a alguns anos, mas o bacana fica atrás dele. O templo original que começou a ser construído em 1468 e está muito bem conservado.

Mas o templo que mais me tocou foi o Wat Lok Molee. Ele começou a ser construído em 1527 e na sua frente anos depois foi erguido um templo modesto, todo de madeira e segue assim até hoje.

O que fazer em Chiang Mai: Wat Chedi Luang

Não é o tipo de templo visitado por turistas, é mais usado pelos tailandeses e foi nele que eu tive a minha primeira experiência espiritual na Tailândia, num ritual budista às 5h da manhã com os monges.

No terceiro dia na cidade, eu recomendo visitar o Doi Suthep, o templo da montanha de Chiang Mai. Um passeio lindo, estrada acima no meio da natureza. O templo não é dos maiores, mas é um lugar lindo.

Dá uma olhada no post completo aqui: Doi Suthep: O templo da montanha de Chiang Mai.

Doi Suthep

Independente do dia, visitar o Night Bazaar de Chiang Mai é o melhor programa para fechar o dia. É uma grande feira de artesanato local e muito xing-ling também, não vou mentir, mas o lugar tem ótimos produtos típicos que fazem a alegria da turistada.

Também é um bom lugar para comer, mas cuidado ao escolher a barraquinha, algumas não tem muita higiene. No entorno tem bons restaurantes onde dá pra comer bem pagando menos de 20 reais.

Night Bazaar

O que fazer em Chiang Mai: Night Bazaar


Como chegar a Chiang Mai


Chiang Mai fica distante 800 quilômetros de Bangkok, dá para ir de ônibus ou trem, mas tanto as estradas, quanto a ferrovia são mal conservadas e a viagem pode demorar muito. Os trens, por exemplo, custam o equivalente a 100 reais o trecho e a viagem pode demorar de 12 até 18 horas.

A melhor forma de chegar a Chiang Mai é de avião, a partir de Bangkok são dezenas de voos diários da Thai, Thai Smile, Air Asia, Bangkok Airays e Thai Lion. Na Air Asia e Thai Lion, ida e volta custa em média o equivalente a 150 reais, é muito barato e a viagem dura aproximadamente 1 hora.


Quando ir


Em qualquer época do ano, mas saiba que os meses de março a maio são os mais quentes e que de maio a outubro costuma chover muito, mas no geral, dá para visitar Chiang Mai em qualquer época do ano.


Como andar em Chiang Mai


A melhor forma é o Tuk-tuk, é mais barato que em Bangkok e eles dominam. Os mini-bus também são uma boa opção, eles são uma pick-up com a caçamba coberta, nada mais que isso, mas é muito barato e são ideais para trajetos mais longos como para o Doi Suthep.

Para alguns passeios em Chiang Mai eu contratei uma guia, o nome dela é Wanpen ([email protected]), quem se interessar, diz que eu indiquei e peça desconto, ela faz um bom preço e ainda te pega no aeroporto.

Os “mini-bus”


Reserve os seus passeios em Chiang Mai



Eu escrevi um post com dicas de onde escolher a sua hospedagem em Chiang Mai. Recomendo a leitura. Entretanto eu vou deixar algumas dicas aqui embaixo.

Chiang Mai surgiu como uma cidade murada e com o passar dos séculos, ela foi crescendo para fora dessa área. E o melhor lugar para se hospedar em Chiang Mai é dentro dessa área ou no entorno dela.

Quando eu visitei Chiang Mai, eu me hospedei no Rich Lanna House. O hotel tem um ambiente super acolhedor, quartos amplos, ótimo café da manhã e uma bela piscina para se refrescar no calorão.

Perto do Night Bazaar eu recomendo o Zero Chiang Mai, um hotel 3 estrelas super charmoso e com quartos arejados e modernos.

Dentro do centro histórico eu recomendo o fantástico U Chiang Mai. Um hotel que não tem como errar, além de proporcionar uma experiência única no coração do centro histórico.

O Baan Boo Loo Village é outro hotel que fica dentro do centro histórico, mas e esse hotel é muito especial, ele é composto por casas tradicionais tailandesas. Eu já fiquei em um hotel assim, foi uma experiência única.

Se você busca economia, mas sem abrir mão do conforto, recomendo o imbatível Eurana Boutique Hotel. Um hotel 3 estrelas muito confortável com diárias a partir de 100 reais. Incrível, não é?


Quando ir e quanto custa:
Qual é a melhor época para visitar a Tailândia
Quanto custa viajar para a Tailândia?
Custo de vida na Tailândia
Que moeda levar para a Tailândia

Imigração e serviços:
Chegando em Bangkok por Suvarnabhumi e Dom Mueang
As companhias aéreas low-cost da Tailândia
Como funciona o Grab, o Uber da Ásia
Chip de internet na Tailândia

Leia mais::
Perigos e golpes na Tailândia
15 coisas que você precisa saber antes de visitar
Songkran, o ano novo tailandês

Para organizar a sua viagem:
O que fazer em Bangkok
Onde ficar em Bangkok
Como usar o metrô de Bangkok

Roteiros em Bangkok:
O que fazer em Bangkok
O melhor roteiro de barco em Bangkok
8 experiências em Bangkok
O que fazer em Ayutthaya (bate volta)

Atrações de Bangkok:
Grand Palace e Wat Phra Kaew
Wat Arun: o templo do amanhecer
Wat Pho: o templo do Buda deitado
Passeios de barco em Bangkok
O melhor roteiro de barco em Bangkok
Chinatown e o templo do Buda de Ouro
Templo de Mármore em Bangkok
Templo Golden Mount
Mercado Flutuante
Mercado do trem
Khao San Road
Suan Pakkad Palace
Chatuchack Weekend Market
Asiatique
Iconsian
Jim Thompson House
Caminhe sobre Bangkok em uma passarela de vidro


Como chegar em Ayutthaya
O que fazer em Ayutthaya (bate volta)


O que fazer em Chiang Mai
Onde ficar em Chiang Mai
Aldeia das “mulheres girafa”
Tiger Kingdom
Templo Doi Suthep
Festival das Laternas de Chiang Mai
Uma experiência com os monges de Chiang Mai


Sukhothai, o berço da civilização tailandesa


Krabi & Railay Beach
Railay Beach, como chegar e o que fazer
Roteiro pelas ilhas saindo de Krabi
A ilha dos morcegos gigantes
Tour das 7 ilhas

Phi Phi Island
O que fazer em Phi Phi Islands
Como chegar em Phi Phi
Onde ficar em Phi Phi
Maya Bay
Mergulho em Phi Phi

Phuket
O que fazer em Phuket
Patong Beach em Phuket

Koh Lipe
O que fazer em Koh Lipe
Como chegar em Koh Lipe
Onde ficar

Koh Samui
Dicas de Koh Samui, como chegar e o que fazer
Três ilhas unidas por uma praia em Koh Ningyuan










Reservando um serviço com um dos parceiros do blog, você ajuda o Vou na Janela a produzir mais conteúdo e não paga nada a mais por isso. O Vou na Janela só recomenda empresas e serviços em que confia.

mm

Fabricio Moura

Meu nome é Fabricio, moro em Bangkok na Tailândia, sou designer e apaixonado pelo mundo. Descobri que viajar é se perder e se encontrar. Se conhecer melhor e se amar mais. Acumular histórias e experiências. Vamos?

1 Comentário

  • Responder setembro 21, 2016

    Isis

    Adorei o post 🙂 já leio o blog a um tempo, adoro os posts e detalhes, principalmente nesses da Ásia que estou planejando minha próxima viagem com algumas de dicas suas 🙂 vlw

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.